Mercado reduz de 3,84% para 3,81% estimativa da inflação para este ano

Expectativa do mercado para o crescimento da economia segue, no entanto, menor que a estimativa do governo, que estima um PIB de 3% para 2018

Boletim Focus é lançado toda semana pelo Banco CentralBoletim Focus é lançado toda semana pelo Banco Central - Foto: Arquivo/Agência Brasil

O mercado financeiro reduziu a projeção de inflação e aumentou a expectativa de crescimento da economia para este ano, de acordo com o boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (19) pelo Banco Central, em Brasília.

A expectativa do mercado é que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) - a inflação oficial do país - fique em 3,81% em 2018, uma redução em relação aos 3,84% projetados na semana passada.

Leia também:
BC prevê inflação em 4,2% e sinaliza fim dos cortes nos juros
Atividade econômica cresce 1,04% em 2017


A estimativa para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, deste ano aumentou, passando de 2,70% da semana passada para 2,80%.

A expectativa do mercado para o crescimento da economia segue, no entanto, menor que a estimativa do governo, que estima um PIB de 3% para 2018.

Para 2019, no entanto, as projeções foram mantidas em relação à última publicação. Para o mercado, a expectativa é que o PIB do ano que vem seja de 3%. A expectativa para a inflação foi mantida em 4,25%.

O Boletim Focus é lançado no início da semana com a média das expectativas de bancos, instituições financeiras, consultorias e empresas sobre os principais indicadores relacionados à economia brasileira, como os diversos índices de inflação, o Produto Interno Bruto, a taxa de câmbio e a taxa de juros básica da economia, a Selic.

Veja também

Secretaria de Educação e Esportes abre mais de 14 mil vagas para cursos técnicosBlog dos concursos

Secretaria de Educação e Esportes abre mais de 14 mil vagas para cursos técnicos

Mutirão dos Superendividados começa nesta quinta-feira (9); veja como negociar dívidasDívidas

Mutirão dos Superendividados começa nesta quinta-feira (9); veja como negociar dívidas