leilão

Ministério de Minas e Energia quer arrecadar mais de R$ 206 bilhões em leilões em dezembro

Leilões serão realizados até o dia 21 deste mês

O ministro de Minas e Energia, Bento AlbuquerqueO ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque - Foto: Ministerio de Minas e Energia

O Ministério de Minas e Energia (MME) vai realizar, desta setxa (3) ao dia  21 deste mês, uma série de leilões de petróleo e gás, geração e transmissão de energia elétrica, com a expectativa de arrecadar mais de R$ 206,9 bilhões em investimentos privados com as concessões.

Serão três leilões de energia elétrica e um de petróleo, que devem gerar 160 mil empregos diretos e indiretos ao longo dos anos de contratos.

Os leilões de Energia Existente A-1 e A-2 ocorrem nesta sexta, por meio da plataforma virtual da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Para o Leilão “A-1”, serão negociados contratos de Comercialização de Energia no Ambiente Regulado na modalidade por quantidade.

Para o Leilão “A-2”, serão negociados contratos na modalidade por disponibilidade para energia proveniente de usinas termelétricas a biomassa, a carvão mineral nacional, a gás de processo e a gás natural, e contratos por quantidade para as demais fontes, conforme informações da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) 

Os preços iniciais, definidos pelo MME, serão de R$ 240 por megawatt-hora (R$/MWh) para o Leilão A-1, do qual participarão apenas usinas ofertantes do Produto Quantidade; e de R$ 200/MWh para os produtos Quantidade e Disponibilidade participantes do Leilão A-2.

“Todo o país ganha, com a diminuição de custos da energia e a geração de emprego e renda para milhares de brasileiros”, afirmou o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Outros leilões 
O leilão dos campos de Sépia e Atapu, localizados na Bacia de Santos, no pré-sal, ocorrerá no dia 17 de dezembro e terá bônus de assinatura de R$ 11,1 bilhões, dos quais R$ 7,7 bilhões serão repassados aos estados e municípios. A expectativa do ministério é que seja o segundo maior da história e que a produção de petróleo e gás aumente 12%.

Na mesma data deve ocorrer o Leilão de Transmissão nº 2/2021, que prevê a construção e a manutenção de 902 quilômetros em linhas de transmissão e de 750 megavolt-ampères (MVA) em capacidade de transformação de subestações.

O investimento deve ser de R$ 2,9 bilhões, com a criação de 6,6 mil empregos diretos nos estados do Amapá, da Bahia, de Minas Gerais, do Paraná e de São Paulo.

No dia 21 ocorre o Leilão nº 11/2021-Aneel, chamado de Leilão de Reserva de Capacidade de 2021, para contratação de potência e energia elétrica associada, proveniente de usinas termelétricas novas e já existentes. A expectativa é que o início do suprimento ocorra em 2026 ou 2027, com contratos de duração prevista de 15 anos.

Veja também

Presidente do Senado quer votar projeto sobre preço de combustíveis Política

Presidente do Senado quer votar projeto sobre preço de combustíveis

Estudo da OIT aponta recuperação lenta do mercado de trabalho em 2022Economia

Estudo da OIT aponta recuperação lenta do mercado de trabalho em 2022