Utilidades domésticas

Freitas avança em utilidades domésticas no NE em 2024

Gigante de utilidades domésticas visa principalmente PE e BA

Utilidades domésticas: Pedro Neto comanda a mudança de marca e nova expansão regional do FreitasUtilidades domésticas: Pedro Neto comanda a mudança de marca e nova expansão regional do Freitas - Foto: Freitas (Divulgação)

Leia também

• Especialistas dos setores de comércio, construção civil e indústria avaliam Reforma Tributária

• Comércio do Recife abrirá todos os dias até o final do ano; confira os horários

Consolidada no Ceará e já presente em outros cinco estados do Nordeste, o Varejo Freitas - gigante do segmento de utilidades domésticas - acaba de mudar de marca. Simplesmente para Freitas, transmitindo maior intimidade, como se você falasse com alguém de casa ou um vizinho. A mudança integra as estratégias da empresa para, de fato, estar ainda mais próxima dos consumidores nordestinos e o próximo passo será a abertura, em 2024, da primeira loja em Sergipe.

A unidade, cujo cronograma está em fase de ajustes, faz parte de um novo plano de expansão regional da rede, que tem atualmente 33 lojas. Sem adiantar muitos detalhes, principalmente no que se refere a cifras, o diretor de Marketing e Inovação, Pedro Neto, afirma que a prioridade é a abertura de operações fora do Ceará, o que inclui a estreia no mercado sergipano e a ampliação da presença em Pernambuco e na Bahia.

"Em Pernambuco, buscamos abrir lojas novas não apenas no Recife, mas também em outros polos importantes da região metropolitana, como Jaboatão dos Guararapes, e cidades médias do interior, a exemplo de Caruaru", destaca o executivo. "Acompanhamos o crescimento econômico dessas duas cidades em particular, pois esse movimento representa oportunidade para os nossos negócios no estado", acrescenta.

No caso da Bahia, a empresa quer aproveitar o ganho de musculatura proporcionado pela implantação de um centro de distribuição em Camaçari, inaugurado este ano. "O CD nos proporciona estrutura logística para chegar a novas cidades da região, além de crescer em Salvador", frisa o executivo. 

Freitas tem hoje marcas próprias de eletrodomésticos a móveis e acessórios para viagem, mas as utilidades domésticas seguem como carro-chefe do negócio

Freitas tem hoje marcas próprias de eletrodomésticos a móveis e acessórios para viagem, mas as utilidades domésticas seguem como carro-chefe do negócio/Foto: Freitas (Divulgação)

Freitas expande utilidades domésticas também por franquia

Além das lojas tradicionais, de grande porte, onde é possível encontrar todo o mix de 15 mil itens da marca, o Freitas também está expandindo sua rede de franquias, que tem estruturas de menor porte. A Freitas Express conta hoje com 19 pontos, inaugurados nos últimos três anos e distribuídos entre a Região Metropolitana de Fortaleza e o interior do Ceará, em cidades como Brejo Santo, Tauá, Crateús, Jurema, Trairi e Paracuru.

A franquia agora se volta para outras praças. Em Salvador, por exemplo, serão abertas duas unidades ainda em 2023, localizadas nos bairros de Itapoã e São Marcos. Em 2024, a empresa mira localidades com grande adensamento no Recife e João Pessoa para a implantação da versão pocket do Freitas.

De móveis a utilidades domésticas com design próprio

Para o crescimento do negócio, além da ampliação da rede física, o Freitas segue apostando num dos seus principais diferenciais em relação a concorrentes multimarca e promete incrementar os investimentos em fabricação própria e desenvolvimento autoral.

Uma linha própria de mobiliário, a Mozaic, focada em democratização do design, terá em 2024 uma ampliação do portfólio, atualmente com 200 itens de materiais como plástico, madeira, couro e linho, com preço médio de R$ 129.

“O frete para importação de móveis de outras regiões para o Nordeste acaba encarecendo o preço final, o que nos abre a possibilidade de ocupar o mercado do preço justo, como empresa da própria região e, portanto, com um custo logístico menor. Essa é a proposta da Mozaic", explica Pedro Neto.

O Freitas tem ainda, entre as marcas próprias, a New Plastic (utilidades domésticas de plástico), Útil Eletro (eletroportáteis), Word (brinquedos), Florinda (limpeza e lavanderia), Útil Bags (malas e acessórios para viagem) e Útil Pró (ferramentas). Uma linha de material escolar tem previsão de ser lançada no próximo ano.

A produção desses itens se divide entre a fábrica da empresa, localizada em Maracanaú (Grande Fortaleza), e parceiros na China. O time que trabalha em desenvolvimento de produtos também inclui brasileiros e chineses, que trabalham integrados, pesquisando e trocando informações sobre inovação, a fim de garantir que o Freitas esteja sempre atualizado com o que o mercado quer. Uma das grandes fontes de insights para essa equipe são as redes sociais, principalmente o TikTok, um laboratório de tendências.

Utilidades domésticas com DNA cearense

O antigo Varejo Freitas nasceu em 1988, no centro de Fortaleza, tendo os utensílios domésticos como carro-chefe e hoje, com a nova marca, está presente, além do Ceará, no Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Bahia.

A empresa conta ainda com três CDs no Ceará, Bahia e Santa Catarina, que garantem as condições logísticas tanto para as lojas físicas, quanto para o e-commerce, com entrega em todo o país. A força de trabalho chega a 1.500 empregados diretos. Já os segmentos atendidos pelo negócio incluem desde o consumidor final até restaurantes e hotéis.

Leia mais sobre varejo e utilidade domésticas no Movimento Econômico:

Maceió entra no Top 20 dos maiores consumidores de artigos para decoração

Havan inaugura primeira megaloja em Maceió neste sábado

Veja também

Com Super Sale, Recife Outlet promete mais descontos
Consumo

Com Super Sale, Recife Outlet promete mais descontos

A força do agro se confirma mais uma vez
Coluna Movimento Econômico

A força do agro se confirma mais uma vez