MPT recebe 7,5 mil denúncias de violação trabalhista durante pandemia

A partir das denúncias, foram instaurados 1.322 inquéritos civis para apurar as irregularidades atribuídas aos empregadores

Sede do Ministério Público do TrabalhoSede do Ministério Público do Trabalho - Foto: Divulgação

O Ministério Público do Trabalho (MPT) informou ter recebido, até essa segunda-feira (13), mais de 7,5 mil denúncias de violações trabalhistas desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Segundo o órgão, houve um salto de 30,2% em dez dias.

A partir das denúncias, foram instaurados 1.322 inquéritos civis para apurar as irregularidades atribuídas aos empregadores. O MPT também instaurou 100 processos de mediação no período.

Leia também:
Pauta trabalhista é maior preocupação da indústria no STF
Um milhão de trabalhadores já tiveram salário e jornada reduzidos após MP
Novo saque do FGTS beneficiará até 60,2 milhões de trabalhadores


Entre as mediações, o MPT disse ter evitado a demissão, no Amazonas, de 3 mil rodoviários, por meio de um acordo entre patrões e sindicatos da categoria. As denúncias ao órgão podem ser feitas no portal da instituição na internet.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

Veja também

Trabalhadores da saúde podem solicitar indenização por incapacidade devido à Covid-19
Covid-19

Trabalhadores da saúde podem solicitar indenização por incapacidade devido à Covid-19

70% dos acordos não repõem inflação, e salários encolhem
Economia

70% dos acordos não repõem inflação, e salários encolhem