Natura conclui compra da Avon e cria 4ª maior empresa de beleza do mundo

Em comunicado, a Natura confirmou que a empresa combinada terá Roberto Marques como presidente-executivo do conselho de administração

Natura comprou a Avon em cerca de R$ 2 bilhõesNatura comprou a Avon em cerca de R$ 2 bilhões - Foto: Divulgação/Natura Divulgação/Avon

A Natura & Co anunciou nesta sexta-feira (3) a conclusão da compra da Avon Products, em um negócio que criou o quarto maior grupo de beleza do mundo. A rival norte-americana de 130 anos foi avaliada em cerca de R$ 2 bilhões.

Em comunicado, a Natura confirmou que a empresa combinada terá Roberto Marques como presidente-executivo do conselho de administração. O executivo comandou em 2017 a compra da rede internacional de lojas The Body Shop pela Natura e vai chefiar os esforços de integração com a Avon.

Jan Zijderveld, presidente-executivo da Avon Products, deixou a fabricante norte-americana, em sequência ao processo de venda da companhia.

Leia também:
Perfil de Vivi Guedes no Instagram vai virar plataforma sobre moda e beleza
Salões de beleza também preocupados com sustentabilidade


As ações da Natura estavam entre as poucas que subiam nesta sexta-feira, em meio a uma baixa generalizada do mercado por conta de preocupações com a situação no Oriente Médio após ataque norte-americano que matou importante autoridade no Irã.

Os papéis da companhia brasileira subiam 0,55% por volta de 11h, enquanto o Ibovespa mostrava baixa de 0,8%. No momento em que as negociações foram paralisadas para divulgação do fato relevante, as ações saltavam 3,18%.

A empresa informou que os acionistas da Avon serão donos de 27,3% do grupo, enquanto os 72,3% restantes serão de posse dos acionistas da Natura.

Com a aquisição da Avon, a Natura criou quatro unidades operacionais, cada uma com seu presidente-executivo. A operação Natura & Co América Latina, que além da marca Natura e Avon reúne as bandeiras The Body Shop e Aesop, será liderada por João Paulo Ferreira.

A presidente-executiva da Avon, agora dentro da Natura & Co, será a romena veterana da companhia norte-americana Angela Cretu, sendo responsável pelas operações da marca fora da América Latina.

O comando da The Body Shop continuará com David Boynton, o mesmo ocorre com Michael O'Keefe na Aesop.

A Natura recebeu aval de autoridades concorrenciais para a compra da Avon em 19 de dezembro e na ocasião havia estimado a conclusão da operação para esta sexta-feira.

A companhia brasileira anunciou em maio a compra da fabricante de cosméticos americana, operação que dá origem ao quarto grupo mundial de produtos de beleza, com uma capitalização de US$ 11 bilhões, atrás da francesa L'Oréal, da americana Procter & Gamble e da anglo-holandesa Unilever.

Em 2017, a Natura adquiriu a marca britânica The Body Shop da gigante mundial da beleza L'Oréal.

Criada em 1969 e cotada na Bolsa no Brasil desde 2004, a Natura é número um dos cosméticos brasileiros.

Veja também

Secretários de Fazenda apelam ao Congresso pela prorrogação do auxílio emergencial
Benefício

Secretários de Fazenda apelam ao Congresso pela prorrogação do auxílio emergencial

Lojas e restaurantes de São Paulo dizem que novas restrições levarão a mais demissão
Restrições

Lojas e restaurantes de São Paulo dizem que novas restrições levarão a mais demissão