UNIÃO

Nova ajuda para estados em crise

O ministro disse esperar que o Produto Interno Bruto (PIB) chegue ao quarto trimestre crescendo 2% em relação ao quarto trimestre de 2016

Henrique Meirelles, ministro da FazendaHenrique Meirelles, ministro da Fazenda - Foto: Valter campanato/agência brasil

 

O ministério da Fazenda estuda estender a mão para auxiliar estados em crise, nos moldes da ajuda oferecida ao Rio de Janeiro. Durante o Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suiça, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles disse que está aberto a novas discussões.

As negociações para o ajuste fiscal no estado do Rio de Janeiro deverão ser concluídas na próxima segunda-feira, disse o ministro, afirmando que o Governo Federal está aberto a discutir medidas de ajuste com qualquer estado em dificuldade financeira, mas deu a entender que poucos estados precisem recorrer a essas renegociações.

“É um ajuste fiscal sério [no caso do Rio de Janeiro]. Não tenho certeza de que muitos estados precisem fazer isso”, disse o ministro em entrevista a jornalistas na Suíça.

O ministro voltará ao Brasil na próxima quinta-feira para continuar as negociações com o Rio de Janeiro. Estado que decretou calamidade financeira em junho do ano passado e enfrenta dificuldades para honrar compromissos com fornecedores e pagar salários de servidores públicos.

De acordo com Meirelles, os indicadores mostram que a economia brasileira está se recuperando e deve voltar a crescer ainda no primeiro trimestre. O ministro disse esperar que o Produto Interno Bruto (PIB) chegue ao quarto trimestre crescendo 2% em relação ao quarto trimestre de 2016.

 

Veja também

Hidrelétrica de Santo Antônio precisa de aporte e pode se tornar controlada da Eletrobras
Energia

Hidrelétrica de Santo Antônio precisa de aporte e pode se tornar controlada da Eletrobras

Bolsonaro lamenta perda do poder de compra dos servidores e promete recuperação 'especial' para PRF
poder de compra

Bolsonaro lamenta perda do poder de compra dos servidores e promete recuperação 'especial' para PRF