Turismo

Ocupação hoteleira em Pernambuco deve chegar a 60% nesta Semana Santa, aponta levantamento

A estimativa é avaliada como "ótima" para este período do ano, de acordo com a Secretaria Estadual de Turismo e Lazer

HotelHotel - Foto: Divulgação

A ocupação hoteleira em Pernambuco deve ser de 60% durante esta Semana Santa, segundo levantamento da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) divulgado nessa quanta-feira (13), pela Secretaria Estadual de Turismo e Lazer, que avalia a estimativa como "ótima" para este período do ano.

De acordo com a pasta, os municípios do Agreste são os preferidos para o feriadão pascal, apresentando boas taxas de reservas nos hotéis. A estimativa é que Brejo da Madre de Deus tenha ocupação de 98%; Bezerros 81% e Toritama 80%. Em Gravatá, a ocupação esperada é de 76%, e em Garanhuns é de 72%. A cidade de Bonito tem média de 70%, segundo informou a Secretaria de Turismo e Lazer com base nos dados da pesquisa. 

“Vamos receber turistas de diversas partes do Brasil. O turismo religioso é um grande impulsionador de visitantes para o Estado, com destaque para a retomada da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém. Além da montagem de Fazenda Nova, temos Paixões em várias cidades pernambucanas, que estão com a ocupação hoteleira também muito positiva”, afirmou a secretária de Turismo e Lazer de Pernambuco, Milu Megale.

O Sertão também está na rota dos visitantes neste feriado. Petrolina tem média estimada de 68%, e Triunfo, 61%. Entre os destinos de sol e mar, o destaque é para o Arquipélago de Fernando de Noronha, com 75% de taxa de ocupação e Ipojuca, no Litoral Sul, com previsão de 63%. 

Recife e Olinda, na Região Metropolitana, também devem ter uma boa taxa de ocupação hoteleira neste feriado, segundo o levantamento da Empetur, com média prevista de 45% e 67%, respectivamente.

“Cada vez mais, a Região Metropolitana atrai visitantes com o turismo cultural e também religioso, especialmente Olinda, que tem tantas igrejas seculares”, afirmou o presidente da Empetur, Antonio Neves Baptista.

Veja também

Caixa: Conselheira relata gritos, tapas na mesa e intimidação em reuniões com Guimarães
Caixa

Caixa: Conselheira relata gritos, tapas na mesa e intimidação em reuniões com Guimarães

Petrobras: novo presidente não comparece em reunião do Conselho
Economia

Petrobras: novo presidente não comparece em reunião do Conselho