Oposição questiona débito de R$ 1,2 bi

Estado ultrapassou o limite de alerta da Lei de Responsabilidade Fiscal

As explicações do Governo do Estado não convenceram a bancada de oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) de que o superavit registrado no ano passado é mesmo positivo. Líder da oposição, o deputado Silvio Costa Filho (PRB) prometeu até convocar o governador Paulo Câmara e o secretário da Fazenda Marcelo Barros para uma prestação de contas em uma audiência pública.

“No final de 2015, a bancada governista aprovou um pacote que rendeu quase R$ 500 milhões em aumento de impostos para o Governo. O Estado ainda recebeu os recursos da repatriação e os do Perc. Foi um incremento de quase R$ 1 bilhão. Se não fosse, teríamos deficit. E, mesmo assim saímos devendo R$ 1,2 bilhão”, reclamou Costa Filho, dizendo ainda que o Estado ultrapassou o limite de alerta da Lei de Responsabilidade Fiscal. “O limite é de 44,1%, mas gastamos 45,74% da receita com gastos de pessoal. Estamos em risco de ultrapassar o limite prudencial”, alertou.

Veja também

PCR oferece 130 vagas em cursos profissionalizantes para participantes do Mãe Coruja
OPORTUNIDADE

PCR oferece 130 vagas em cursos profissionalizantes no Mãe Coruja

Bitcoin bate recorde de cotação ao superar 62.000 dólares
Economia

Bitcoin bate recorde de cotação ao superar 62.000 dólares