Economia

Países da América do Sul vão unir esforços para revitalizar economias

A pandemia da Covid-19 deve causar uma contração de 5,2% do PIB este ano na economia sul-americana

PIBPIB - Foto: Divulgação

Os países do Fórum para o Progresso da América do Sul (Prosur) concordaram nesta terça-feira (19) em unir esforços para revitalizar a economia da região, atingida pelo coronavírus, e promover emprego e investimento, segundo comunicado do bloco divulgado no Chile.

Os líderes dos países membros do Prosur realizaram uma videoconferência com o presidente chileno Sebastián Piñera - que lidera a presidência pro tempore desde março de 2019 - à frente, na qual expressaram sua preocupação com a crise econômica que a região enfrenta devido à pandemia, que matou até o momento mais de 30.000 pessoas na América Latina.

Leia também:
Bolsa não pode aderir a megaferiado contra coronavírus em São Paulo, dizem analistas
América Latina e Caribe passam de 30 mil mortes por Covid-19
Queda do PIB pode ser maior que 5% em 2020, afirma secretário do Tesouro

Diante desse cenário sombrio, os chefes de Estado indicaram que criarão um grupo de trabalho que será composto pelos ministérios das Economias dos países que compõem o bloco. A pandemia da Covid-19 deve causar uma contração de 5,2% do PIB este ano na economia sul-americana, pois suas exportações serão severamente afetadas pela queda da atividade na China, segundo o último relatório da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL).

Os países membros do Prosur também resolveram seguir na repatriação de concidadãos isolados no exterior e na reabertura de fronteiras, com as devidas precauções de saúde e quando considerado apropriado.

O Prosur é formado por países que estão sendo mais afetados pela pandemia: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru, além da Bolívia, Paraguai e Uruguai. O bloco foi criado em março do ano passado no Chile para substituir a Unasul e não conta com a Venezuela, por decisão dos governos conservadores de seus membros, que questionam a legitimidade do presidente Nicolás Maduro.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Pague mais, leve menos: para driblar inflação, embalagens encolhem, mas preços sobem assim mesmo
REDUFLAÇÃO

Pague mais, leve menos: para driblar inflação, embalagens encolhem, mas preços sobem

Agências do Trabalho de Pernambuco ofertam 650 vagas nesta quinta-feira (11); confira
Oportunidades

Agências do Trabalho de Pernambuco ofertam 650 vagas nesta quinta-feira (11)