Para Trudeau, questões de gênero são prioridade

Ao citar a liderança canadense do G7 neste ano, o premiê canadense afirmou que "o avanço dos direitos das mulheres será prioridade"

Justin Trudeau, primeiro ministro do CanadáJustin Trudeau, primeiro ministro do Canadá - Foto: AFP

Alternando entre o inglês e o francês, o premiê canadense, Justin Trudeau, falou nesta terça-feira (23) ao Fórum Econômico Mundial, em Davos, e salientou a importância da igualdade de gênero em governos e empresas.

Leia também
Déficit de 2017 deverá ficar até R$ 40 bilhões abaixo da meta, diz Meirelles

Previdência tem deficit recorde de R$ 268,8 bilhões em 2017, diz governo
Mercado reduz projeção de déficit primário do governo para R$ 153,944 bi
Mercosul e Reino Unido negociam acordo de livre comércio, diz Meirelles


"Contratar, promover e manter mulheres é algo que podemos fazer hoje e agora", disse Trudeau, que lembrou os recentes movimentos #MeToo e Time's Up, que revelaram denúncias de assédio sexual, e a Marcha das Mulheres. "São movimentos que nos dizem que precisamos ter uma discussão séria sobre políticas de igualdade de gênero."
Ao citar a liderança canadense do G7 (grupo dos sete países mais ricos) neste ano, Trudeau afirmou que "o avanço dos direitos das mulheres será prioridade".

Trudeau lembrou que raça, orientação sexual e origem são obstáculos adicionais às mulheres. "Em 2016, entre mulheres que haviam sido recém-apontadas para conselhos de administração de empresas no Canadá, 77% eram brancas."

Questionado pelo moderador sobre a ameaça do presidente dos EUA, Donald Trump, de renegociar o Nafta -acordo de livre comércio com Canadá e México-, Trudeau disse estar "trabalhando duro para mostrar a ele o quão bom o Nafta é". "O Nafta beneficiou não só a minha economia, mas a economia dele e a de todo mundo."

Trudeau abordou ainda, sem dar exemplos, as preocupações de trabalhadores que, céticos com a globalização, apoiaram discursos populistas mundo afora. "Se vocês [plateia] estão ansiosos, imaginem como as pessoas que não estão nesta sala estão se sentindo."

Veja também

Ipea revisa para cima projeção do PIB do agronegócio
Economia

Ipea revisa para cima projeção do PIB do agronegócio

Ministério de Infraestrutura entregará planos de estratégia logística para até 2050
Economia

Ministério de Infraestrutura entregará planos de estratégia logística para até 2050