Economia

Pedágio do Paiva mais caro a partir do dia 14 de junho

Tarifas da Rota do Coqueiro passam a vigorar com reajuste médio de 5,24%.

Rota dos CoqueirosRota dos Coqueiros - Foto: Divulgação

 

A partir do próximo dia 14, as tarifas de pedágio da Rota dos Coqueiros, via pedagiada que liga o município de Jaboatão dos Guararapes às praias do Litoral Sul pernambucano, sofrerão reajuste médio de 5,24%.

Sendo assim, a tarifa básica, cobrada de automóveis de passeio, passará de R$ 5,90 para R$ 6,20 nos dias de semana, e de R$ 8,80 para R$ 9,30 nos finais de semana e feriados. A mudança dos valores foi autorizada pela Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe) e está prevista no Contrato de Concessão Patrocinada da Parceria Público-Privada (PPP) que deu origem ao empreendimento.

De acordo com a Arpe, para compor o percentual de reajuste deste ano foi levado em consideração além do IPCA acumulado desde início da concessão, há 13 anos, o fator de reequilíbrio e arredondamento, conforme prevê o contrato. “A receita que vai para essa concessão, que inclui a ponte, vem de duas fontes. Uma da tarifa para pelo usuário e outra do Estado. Então, existe um mecanismo no contrato que permite em reequilibrar quando há prejuízo”, explica o presidente em exercício da agência reguladora, Fred Maranhão. Segundo ele, o valor desse reequilíbrio foi de 0,35%.
  
Leia também:
Rota dos Coqueiros com operação especial para o domingo de Páscoa
Rota dos Coqueiros comemora Dia da Gentileza
Pedágio da Rota dos Coqueiros sobe nesta quarta-feira

Segundo a Rota do Coqueiro, esta foi a primeira vez em que o recurso foi utilizado. “Tivemos no ano passado nosso pior ano com a greve dos caminhoneiros, que impactou no tráfego da rota, afinal, ninguém conseguia sair de casa. Com isso, tivemos uma redução de 4 mil veículos diários para 3.800 durante o período da paralisação”, esclarece o presidente da concessionária, Elias Lage.
  
Ele lembra, no entanto, que além de cobrir as perdas do ano passado, o reajuste no valor da tarifa do pedágio é essencial para os investimentos contínuos que são realizados na rota. “A gente sempre converte esses aumentos em benefícios para quem utiliza nossa via. Não à toa, desde o início do contrato, já investimos mais de R$200 milhões em obras de melhoria e conservação da rodovia”, revela Lage.

 

Veja também

Sam Altman acumulou fortuna de US$ 2 bilhões sem contar com ações da OpenAI, criadora do ChatGPT
NEGÓCIOS

Sam Altman acumulou fortuna de US$ 2 bilhões sem contar com ações da OpenAI, criadora do ChatGPT

PIB de 2023 revela que fazer dever de casa traz resultado positivo
Febraban

PIB de 2023 revela que fazer dever de casa traz resultado positivo