POLÍCIA FEDERAL

PF e Receita combatem contrabando na fronteira com a Argentina

Ação apreende vinhos e azeite de oliva que estão com venda proibida

Polícia Federal Polícia Federal  - Foto: PF/Divulgação

Em uma ação integrada, policiais federais, servidores da Receita Federal e do Ministério da Agricultura e Pecuária participaram de operação para reprimir o contrabando de produtos argentinos na aduana da Ponte Internacional Tancredo Neves, que liga as cidades de Foz do Iguaçu, no Brasil, e de Puerto Iguazú, na Argentina

As ações resultaram na prisão em flagrante de seis pessoas por contrabando e na apreensão de oito veículos carregados com vinhos e azeite de oliva cuja comercialização está proibida no Brasil, além de produtos vegetais. 

De acordo com Polícia Federal, alguns produtos não têm a garantia de qualidade do processo de produção, e sua venda e seu consumo representam risco à saúde pública.

Os presos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu, no Paraná. As mercadorias e os veículos apreendidos foram levados à Alfândega da Receita Federal para os procedimentos fiscais cabíveis.

Veja também

Conheça o bilionário americano que sonha em comprar o TikTok para salvar a internet das "Big Techs"
NEGÓCIOS

Conheça o bilionário americano que sonha em comprar o TikTok para salvar a internet das "Big Techs"

Entidades empresariais criticam decisão do BC de manter juros em 10,5% ao ano
Brasil

Entidades empresariais criticam decisão do BC de manter juros em 10,5% ao ano

Newsletter