Brasil

PF faz operação contra fraude na obtenção de benefícios previdenciários

A fraude causou R$ 1,9 milhão de prejuízo aos cofres públicos

Polícia FederalPolícia Federal - Foto: Arquivo/Agência Brasil

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (1º) a operação Falso Registro, que combate fraudes para obtenção de benefícios previdenciários indevidos. Na ação, autorizada Primeira Vara Federal de Presidente Prudente, no interior paulista, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão e encontrados documentos relativos às fraudes.

“Foi identificada a utilização de cinco empresas para a inserção de vínculos empregatícios falsos nos sistemas da Previdência Social mediante entregas de Guias de Recolhimento e Informações à Previdência Social extemporâneas, fato este que permitiu o recebimento de benefícios previdenciários fraudulentos embasados em relações trabalhistas inverídicas por diversas pessoas”, destacou a PF, em nota.

Segundo a polícia, foram identificados 18 benefícios recebidos irregularmente, que já causaram aos cofres públicos prejuízos no valor de R$ 1,9 milhão. 

Veja também

Dólar tem maior queda diária em quase um mês e fecha abaixo de R$ 5,40
BOLSA DE VALORES

Dólar tem maior queda diária em quase um mês e fecha abaixo de R$ 5,40

CGU estima gasto de R$ 1 bi com auxílio emergencial irregular para 680 mil servidores
auxílio emergencial

CGU estima gasto de R$ 1 bi com auxílio emergencial irregular para 680 mil servidores