Placas do Mercosul já chegam em abril

Troca do modelo começa a valer em setembro, mas o Detran-PE decidiu adiantar o prazo. No próximo mês, o carro vai sair da revenda com a nova placa

Reunião realizada no Detran-PEReunião realizada no Detran-PE - Foto: Divulgação

Após o anúncio do novo modelo das placas dos veículos brasileiras, o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) decidiu dar agilidade ao processo de troca das placas. A partir de abril, os veículos que saírem das concessionárias já terão o novo modelo das placas que seguirá o padrão implantado pelo Mercosul.

A informação foi divulgada pelo órgão estadual em reunião com a presença do diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e também presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), Mauricio Alves Pereira, e da equipe de informática do Detran-PE.

O prazo estabelecido definido pelo Contran, publicado no Diário Oficial da União na última quinta-feira, é da placa de identificação ser implementada a partir de 1° de setembro deste ano. “Nesta data, todos os veículos que saírem da s concessionárias deverão ter a placa nova. Em Pernambuco, o prazo será adiantado como uma forma de iniciar o controle da confecção do material e de evitar o número elevado de clonagens”, destacou o diretor presidente do Detran-PE, Charles Ribeiro, ao informar que até 31 de dezembro de 2023 todos os automóveis estarão com a nova placa definitivamente. “Gradativamente, os veículos trocarão o padrão. Por exemplo, quando forem realizar a vistoria veicular já sairão com o novo modelo”, complementou.

Leia também:
Caxangá Ágape ressalta atuação do Detran-PE

E para os consumidores, a notícia animadora é que o valor de um par de placas pode ser reduzido em cerca de 50%. “Hoje, duas placas custam em torno de R$ 130. O mercado vai se adequar e decidir sobre o novo valor, mas deve ser de aproximadamente R$ 70. Isso porque itens que deixavam mais caro o modelo antigo não estarão mais nas novas placas, como é o caso da tarjeta, do lacre e da película refletiva”, explicou Ribeiro.

A nova placa ganhará um QR Code instituído pelo Denatran e itens de segurança cadastrados pela Casa da Moeda do Brasil. “O modelo a ser vendido irá para as lojas de placas para ser estampado com as novas indicações por um funcionário credenciado pelo Denatran”, afirmou Charles. A medida vai se aplicar para reboques, semirreboques, motocicletas, triciclos, motonetas, ciclo elétricos, quadriciclos, ciclomotores, tratores e guindastes.

Além disso, o fundo da placa será branco com margem superior azul. “Será estampada ao lado direito a bandeira do Brasil, a bandeira do Estado onde será confeccionada e o brasão do município”, disse Charles. O lado esquerdo vai conter o logotipo do Mercosul e ao centro o nome do País. O novo modelo terá sete caracteres, entre letras e números, com combinação aleatória, sendo o último obrigatoriamente um numeral.

Veja também

BNDES antecipa voto em assembleia da JBS para pressionar por ação contra irmãos Batista
Economia

BNDES antecipa voto em assembleia da JBS para pressionar por ação contra irmãos Batista

Estado com poucos cadastros sociais teve menos auxílio
Auxílio Emergencial

Estado com poucos cadastros sociais teve menos auxílio