A-A+

Serviços

Plataforma auxilia pequenos e médios empresários em serviços do Fisco Federal

Revisão fiscal é um dos serviços oferecidos através da plataforma "Ajuda Tributária"

Foto: Divulgação/ Ajuda Tributária

Com o objetivo de conectar serviços de revisão fiscal para pequenas e médias empresas, o empreendedor pernambucano Carlos Pinto criou a plataforma digital “Ajuda Tributária”. Além da revisão fiscal, o programa também oferece outros serviços como revisão de folhas de salários, ajuda Simples Nacional, ajuda Supermercadistas e Varejistas, ajuda revisão PIS/Cofins para empresas do núcleo real e ajuda Dívida Tributária. O acesso para a plataforma pode ser realizado através do site: www.ajudatributaria.com.

Carlos Pinto resolveu idealizar o “Ajuda Tributária” ao perceber que muitos pequenos e médios empresários pagavam mais tributos do que realmente deveriam. “Ao monitorar as empresas, percebi que existia uma dor muito grande nos pequenos e médios empresários e verifiquei com estudos que a cada dez empresas, nove pagam mais tributos do que deveriam, isso é um número estatístico do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário). Como hoje vivemos em um universo onde tudo são dados, porque você não tem mais o tráfego de papéis como antes, criei uma empresa que permite que pequenos e médios empresários tenham acesso aos melhores serviços fiscais e tributários do país”, explica.  

Para os casos de revisão tributária, o produto denominado Tax as a Service é uma inovação do mercado e vem com o foco de validar se as informações que os empresários recebem da contabilidade condizem com a realidade. "É muito comum a gente escutar do empresário que ele recebeu uma guia de imposto e após questionar ao contador consegue algum tipo de redução do valor. Em tempos de pandemia e crise econômica, qualquer valor a menos na despesa da empresa já vale muito. O trabalho da gente é ter a certeza que a empresa não pagou mais do que devia, usando bastante tecnologia, uma base de dados muito fidedigna a realidade que é a base do impostômetro e toda a experiência para levar ao pequeno e médio empresário à certeza de que a empresa dele está em total conformidade com as regras do Fisco Federal", destaca Carlos.

A partir do cadastro do empresário, o mesmo recebe o contato de um profissional especialista que esclarece as dúvidas, e a partir daí extrai os documentos necessários ao trabalho, ficando sob responsabilidade da plataforma a defesa por qualquer problema ou discussão sobre o assunto junto à Receita Federal. Somente após ação administrativa realizada e com êxito é que o empresário realiza pagamento à plataforma (30% do valor que estaria sendo cobrado a mais). 

Veja também

Supermercados procuram saídas para driblar inflação e preservar consumo
Economia

Supermercados procuram saídas para driblar inflação e preservar consumo

Time de Guedes vê prazo curto para aprovar reformas prometidas e foca Auxílio Brasil
Economia

Time de Guedes vê prazo curto para aprovar reformas prometidas e foca Auxílio Brasil