Internacional

Plataforma de criptomoedas é penalizada com multa recorde nos EUA

Empresa é processada por não ter seguido as regulamentações de registro de seus produtos durante a criação de contas de empréstimos

CriptomoedasCriptomoedas - Foto: Michael Wensch/Domínio Público

A BlockFi, plataforma de empréstimos em criptomoedas, aceitou pagar uma multa recorde de 100 milhões de dólares para saldar as ações contra ela nos Estados Unidos, anunciou, nesta segunda-feira (14), a comissão de títulos e valores (SEC).

A plataforma foi processada por não ter seguido as regulamentações de registro de seus produtos mediante a criação de contas de empréstimos em criptomoedas que geram rendimentos, que atraíram cerca de 600.000 investidores.

O grupo, que não admitiu culpa neste acordo, mas disse que se submeterá às regras, também era acusado de fazer "declarações falsas e enganosas durante mais de dois anos em seu site na internet, sobre o nível de risco de seu portfólio de empréstimos", acrescentou a SEC em nota.

A BlockFi acordou pagar 50 milhões de dólares a 32 estados americanos que apresentaram ações contra ela e outros 50 milhões de dólares ao regulador do mercado, a SEC (Securities and Exchange Commission).

Ao final de 2021, a SEC impôs, no total, 2,35 bilhões de dólares em penalidades contra atores do mercado de ativos digitais, informou a consultoria Cornerstone.

Veja também

Sam Altman acumulou fortuna de US$ 2 bilhões sem contar com ações da OpenAI, criadora do ChatGPT
NEGÓCIOS

Sam Altman acumulou fortuna de US$ 2 bilhões sem contar com ações da OpenAI, criadora do ChatGPT

PIB de 2023 revela que fazer dever de casa traz resultado positivo
Febraban

PIB de 2023 revela que fazer dever de casa traz resultado positivo