Economia

Polo de Confecções de Pernambuco produz EPIs para auxiliar no combate ao novo coronavírus

A produção acontece em Santa Cruz do Capibaribe e cada costureiro produz cerca de mil máscaras por dia

Polo de Confecções do AgrestePolo de Confecções do Agreste - Foto: Divulgação

O Polo de Confecções de Pernambuco, liderado pelos municípios de Toritama, Santa Cruz do Capibaribe e Caruaru, no Agreste do Estado, está produzindo Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) que serão distribuídos aos profissionais de saúde para auxiliar no combate ao novo coronavírus.

O Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco (NTCPE) desenvolveu um caderno técnico com protótipos de equipamentos de proteção, como batas e máscaras e começou a produção desde a semana passada. Diariamente cada costureiro consegue produzir em média mil máscaras.

Leia também:
Hospital Mestre Vitalino concentrará atendimentos da Covid-19 no Agreste
Movimento Pró-Criança confecciona EPI's para auxiliar na luta contra a Covid-19

A iniciativa conta com o apoio financeiro de empresários que doam o material necessário para a confecção dos EPIs. De acordo com a deputada estadual Alessandra Vieira (PSDB), responsável por protocolar o pedido que garante a produção dos equipamentos no Polo de Confecções, milhares de pedidos são feitos diariamente por empresas de setores privados, prefeituras da região e até pelo Ministério da Saúde.

Ainda de acordo com a deputada, a confecção acontece de maneira massiva no polo de Santa Cruz de Capibaribe, mas será ampliada para os municípios de Caruaru e Toritama ainda este mês.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Associação que assiste doentes de fígado passa a receber doações pelo Imposto de Renda
Solidariedade

Associação que assiste doentes de fígado passa a receber doações pelo Imposto de Renda

Aneel mantém bandeira tarifária verde para junho
Energia Elétrica

Aneel mantém bandeira tarifária verde para o mês de junho para todos os consumidores