Solidariedade

Portal Solidário aproxima instituições filantrópicas e doadores através do e-commerce

Até junho de 2023, a expectativa é de que sejam investidos cerca de R$ 10 milhões no projeto

Na foto, os empresários Maicon Oliveira, Mikael Oliveira e Maurício SoaresNa foto, os empresários Maicon Oliveira, Mikael Oliveira e Maurício Soares - Foto: Antônio Bertholdo/ Portal Solidário

Com o propósito de facilitar a ligação entre instituições filantrópicas e ONGs com os doadores, o Portal Solidário, primeiro marketplace do terceiro setor do Brasil, utiliza os meios digitais para que as pessoas realizem doações exclusivamente em produtos, ao invés de dinheiro. No lançamento, realizado na última terça-feira (30), os empresários Maicon Oliveira, Mikael Oliveira e Maurício Soares reuniram diversos nomes no Spettus Boa Viagem. Até junho de 2023, a expectativa é de que sejam investidos cerca de R$ 10 milhões no projeto. 

“Nós damos toda a estrutura de e-commerce para as ONGs e criamos a loja das instituições, colocamos os produtos que elas precisam como por exemplo cesta básica, alimentos, fraldas, máscaras e o doador entra, compra o produto e a gente acompanha toda a entrega e faz a prestação de contas com ele. O mais importante é que nós não cobramos nada da ONG e nem a entrega do doador. No nosso marketplace temos todos os tipos de instituições voltadas para idosos, crianças, LGBTQIA+, animais, meio ambiente, Pessoas Portadoras de Deficiência, entre outras”, explicou Maicon Oliveira, CEO do Portal Solidário. 

“A pessoa pode entrar no Portal Solidário, escolher a sua instituição e fazer a doação através de qualquer meio de pagamento, como por exemplo, PIX, cartão de crédito, PicPay, PayPal e boleto bancário”, acrescentou Maicon. 

Para incentivar ainda mais as doações, o Portal Solidário também colocará em bares e restaurantes um QR Code para que as pessoas possam doar ali mesmo, com apenas um clique. Atualmente, 200 instituições estão cadastradas na plataforma e 150 lojas já estão em funcionamento. 

E a iniciativa não vai se restringir às ONGs pernambucanas. De acordo com Maicon, a expectativa é de que a plataforma esteja em todas as capitais do Brasil e também fora do País. 

“A expectativa é mostrar para a população que tem um novo jeito de fazer doações, nós estamos começando com Pernambuco, mas nós vamos abrir em todas as capitais do País e estamos com negociações para abrir fora do País. Nós também vamos entrar com a fase das gincanas solidárias dentro das escolas para a arrecadação de alimentos através da plataforma para uma instituição que a escola queira ajudar”, pontuou o CEO.  

A plataforma disponibiliza, ainda, cursos de captação de doadores de forma gratuita para as instituições cadastradas. 

“A gente também está em fase de implantação de profissionais como médicos, nutricionistas e psicólogos que queiram doar o seu tempo e realizar atendimentos dentro da própria plataforma. As ONGs agendam o atendimento e escolhem o profissional que estiver disponível. No dia e no horário da marcação, o atendimento é realizado”, finalizou Maicon.  

As instituições filantrópicas, as ONGs e os doadores podem realizar o cadastro através do site do Portal Solidário. As ações realizadas pela iniciativa também são divulgadas através do Instagram

Lançamento com muita música 

O cantor Santanna, um dos convidados do lançamento da plataforma, ficou tão impressionado que pediu a palavra. “Isso é algo imenso, com potencial de ajudar muita gente”, afirmou. Ele ainda deu uma palhinha de improviso da sua música “Mãos que oferecem flores”: “Fica sempre um perfume nas mãos que oferecem flores/ Quem semeia amores de certeza colhe amor/ Não é só o querer, tem que desejar profundo/ Pra ter paz nesse mundo, devo ser um benfeitor”.
 
Além de Santanna, estiveram presentes no lançamento nomes como a Chefe do Escritório de Gestão do Centro do Recife, Ana Paula Vilaça, o presidente da OAB-PE Bruno Baptista, o presidente do Porto Digital Pierre Lucena, a coordenadora do Transforma Recife Macela Baltar, o Frei Damião Silva e artistas como Nena Queiroga, Cristina Amaral, Dudu do Acordeon. 

Veja também

Estudo da OIT aponta recuperação lenta do mercado de trabalho em 2022Economia

Estudo da OIT aponta recuperação lenta do mercado de trabalho em 2022

Sesi-PE oferece mil vagas gratuitas para Ensino de Jovens e Adultos em 2022; saiba como se inscreverPernambuco

Sesi-PE oferece mil vagas gratuitas para Ensino de Jovens e Adultos em 2022; saiba como se inscrever