Pós-graduação: qual o caminho?

Planejar futuro profissional inclui a escolha de MBA, mestrado e dourado

Bruno Araújo (PSDB) no 17º Fórum Empresarial LideBruno Araújo (PSDB) no 17º Fórum Empresarial Lide - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

 

Quem conclui a graduação, seja em bacharelado ou licenciatura, tem di­ferentes caminhos para conti­nuar os estudos e planejar o fu­turo profissional com uma pós-graduação. Nessa preparação é bom ficar atento nas opções que te levarão a voltar pa­ra uma sala de aula, porque elas podem direcionar o estudante a um caminho mais corporativo ou de pesquisa. São os chamados cursos ‘lato sen­su’ - es­­pecializações e MBAs - e ‘stric­to sensu’ - mestrado profis­­sional ou acadêmico e douto­rado -. Você sabe diferenciá-los?

Segundo o professor de administração e computação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e doutor em computação e planejamento es­tratégico de empresas, Gilson Teixeira Filho, as diferenças são grandes. “stricto sensu inclui os cursos de mestrado e doutorado, que resultam na ob­tenção de diploma, como um título útil para lecionar e ingres­sar em concursos. Já o latu sen­su é uma especialização com direito a certificado, muito aproveitado no mundo empre­s­a­rial, como em comércio e ser­viço”, explica.

Nessa última área está o famoso Master Bu­siness Administration (MBA), termo muito conhecido nos Estados Unidos para um tipo de curso voltado para negócios e gestão empresarial. “Mas não deixa de ser uma pós-graduação latu sensu, como muitos costumam diferenciar por aí”, completa o professor.

Conhecer bem seu perfil profissional é etapa indispensável para uma escolha assertiva. É o caso da coordenadora do departamento de turismo da UFPE, Carla Borba, que sempre teve afinidade para a área acadêmica, justificando assim sua escolha por mestrado e doutorado . “É um caminho em que a pessoa precisa gostar de ler, estudar e de trocar conhecimentos. Isso sem perder a conexão com o dia a dia. É estar com os livros, produzir pesquisas e verificar que aquilo também acontece na prática”, comenta.

Para o engenheiro de soldagem, Augusto Maciel, 36, a conclusão de um MBA em gestão de projetos foi indispensável para ampliar sua atuação no mercado de trabalho. “Concluí a pós no final do ano passado e ainda tive um tempo de intercâmbio na Europa. Mes­mo sendo uma área aparentemente distinta da minha formação, identifiquei como chan­ce de incrementar conhecimento e trabalhar em projetos dentro do meu contexto de atuação”, justifica.

 

Veja também

237 mil trabalhadores com salário reduzido têm atraso em benefício do governo
economia

237 mil trabalhadores com salário reduzido têm atraso em benefício do governo

Agências do INSS não abrem nesta quarta-feira (28)
inss

Agências do INSS não abrem nesta quarta-feira (28)