Prazo para sacar abono salarial termina hoje

Segundo o Ministério do Trabalho, mais de 900 mil pessoas ainda não retiraram o valor disponível, correspondente a mais de R$ 700 milhões

Homenagem da Câmara do Recife ao Instituto e à Lei Maria da PenhaHomenagem da Câmara do Recife ao Instituto e à Lei Maria da Penha - Foto: Divulgação

 

Termina hoje a extensão do prazo para sacar nas agências bancárias o abono salarial referente ao ano-base 2014. Para os trabalhadores que possuem o cartão Cidadão, o fim do período de resgate do valor, que corresponde a um salário mínimo, é amanhã. Até o início desta semana, 296,7 mil trabalhadores que não haviam sacado o dinheiro no prazo inicial, finalizado no último mês de junho, foram até as agências bancárias para buscar o benefício.
Segundo o Ministério do Trabalho, mais de 900 mil pessoas ainda não retiraram o valor disponível, correspondente a mais de R$ 700 milhões. Em Pernambuco, ainda há 17,3 mil pessoas com a retirada do benefício pendente. Vale lembrar que, se não sacado até a data limite, o valor retorna ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).
O prazo original de saque do abono expirava no final de junho, mas 1,2 milhão de pessoas ainda não tinha feito o saque. Até 19 de dezembro, o MTE registrou que 284,8 mil trabalhadores sacaram o benefício. Ou seja, 76% dos beneficiários que perderam o prazo inicial ainda não efetuaram o saque. São R$ 802 milhões disponíveis, considerando o valor médio de saque individual, de R$ 874,84.
A retirada do benefício pode ser feita nas agências bancárias até o dia 29, mas se o trabalhador tem o cartão cidadão com senha, poderá sacar em um terminal de autoatendimento da Caixa Econômica ou em casas lotéricas até esta sexta-feira. Para quem ain­­da tem dúvidas, o Ministério do Trabalho criou em seu site (www.trabalho.gov. br) uma relação com o no­me de todos os trabalhadores que têm o direito de receber a gratificação.

 

Veja também

Empresas estudam esvaziar caixa para evitar dividendo com imposto em 2022
Economia

Empresas estudam esvaziar caixa para evitar dividendo com imposto em 2022

Guedes vê como legítima pressão do centrão e tenta manter aliados no Trabalho
Política econômica

Guedes vê como legítima pressão do centrão e tenta manter aliados no Trabalho