Preços de alimentos provocam queda do IPC-S em agosto

Também registraram queda na taxa os grupos de despesas habitação, vestuário, saúde e cuidados pessoais

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) ficou em 0,17% em agosto deste ano, taxa inferior ao 0,31% de julhoA inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) ficou em 0,17% em agosto deste ano, taxa inferior ao 0,31% de julho - Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) ficou em 0,17% em agosto deste ano, taxa inferior ao 0,31% de julho. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), a queda da taxa foi provocada principalmente pelos alimentos, que registraram redução de preços (deflação) de 0,36% em agosto, ante uma inflação de 0,35% em julho.

Também registraram queda na taxa os grupos de despesas habitação (de 1,02% em julho para 0,81% em agosto), vestuário (de -0,24% para -0,29%), saúde e cuidados pessoais (de 0,38% para 0,18%) e despesas diversas (de 0,35% para -0,05%).

Leia também:
Alimentos que ajudam a diminuir a ansiedade
Macri retira impostos sobre alimentos da cesta básica
Conheça os alimentos essenciais para a saúde do homem

Três grupos de despesa tiveram alta: transportes (de -0,48% para 0,13%), educação, leitura e recreação (de -0,03% para 0,13%) e comunicação (de 0,03% para 0,38%).

Veja também

Bolsonaro anuncia nova redução de imposto sobre videogames
tecnologia

Bolsonaro anuncia nova redução de imposto sobre videogames

STF aceita auxílio-doença na aposentadoria especial do INSS
inss

STF aceita auxílio-doença na aposentadoria especial do INSS