Pandemia

Procon-PE autua bares em Porto de Galinhas por descumprimento das recomendações para a Covid-19

Durante a pandemia, o orgão já fiscalizou 471 bares e restaurantes e interditou 31

Procon foi as ruas de Porto verificar o cumprimento dos protocolos de combate a Covid-19Procon foi as ruas de Porto verificar o cumprimento dos protocolos de combate a Covid-19 - Foto: Divulgação

O Procon Pernambuco, juntamente com a Polícia Militar e Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), realizaram fiscalizações em Porto de Galinhas, Litoral Sul de PE, durante essa terça-feira (16).
 
O órgão foi às ruas verificar o cumprimento dos protocolos de combate a Covid-19, estabelecido pelo Governo do Estado. Dois bares foram autuados e uma cozinha interditada pela Apevisa.
 
O Bar do Nenem e o Itaoca, ambos no Centro da cidade, foram autuados por desrespeitar o distanciamento entre as mesas e por estarem com mais de 10 pessoas. No Nenem ainda havia pessoas circulando sem máscara. Já a cozinha do Itaoca foi interditada pela Vigilância Sanitária, por descumprimentos na área de higiene.
 
Entre os protocolos, estão o uso de máscaras por funcionários e por consumidores ao circular no estabelecimento, distanciamento entre as mesas, o limite máximo de 10 pessoas, a proibição de música ao vivo e o impedimento de pessoas dançando.
 
“A maioria dos estabelecimentos e consumidores vêm se adequando. Mas em razão dos que insistem em colocar a vida das pessoas em risco, descumprindo os protocolos, continuaremos com as fiscalizações sem data para cessar”, frisa o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.


Carnaval 
Na noite da última segunda-feira (15), foram realizadas fiscalizações no Recife Antigo e no Sítio Histórico de Olinda. Apesar de estar liberado o comércio, todos os locais estavam cumprindo com os protocolos estabelecidos. A equipe também passou pelo bairro da Boa Vista, onde nenhuma irregularidade foi encontrada. O Procon-PE já fiscalizou 471 bares e restaurantes e interditou 31.

Veja também

Caixa começa a pagar auxílio emergencial a nascidos em março
Benefício

Caixa começa a pagar auxílio emergencial a nascidos em março

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 33 milhões
Loeteria

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 33 milhões