Fiscalização

Procon Pernambuco interdita outras seis lojas da "Casa do Celular" por irregularidades nas vendas

Entre as irregularidades constatadas pelos fiscais, está a venda sem nota fiscal, fraude na entrega do produto e aparelhos sem o selo da Anatel

Procon autua estabelecimentos da Casa do CelularProcon autua estabelecimentos da Casa do Celular - Foto: Divulgação

O Órgão de Proteção ao Consulmidor (Procon) Pernambuco internitou, nesta sexta-feira (4), outras seis lojas da rede “Casa do Celular”, localizadas no bairro de Casa Amarela, na Zona Norte; Boa Vista, área central do Recife; Abreu e Lima e Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana.

Entre as irregularidades constatadas pelos fiscais, está a venda sem nota fiscal, fraude na entrega do produto, aparelhos sem o selo da Anatel, prática de financiamento e cartão de crédito irregulares, produtos expostos sem preço, além de instalação de um aplicativo nos celulares que bloqueava o aparelho em caso de atraso do financiamento.

O órgão também interditou outras duas lojas da mesma rede nessa quinta-feira (3) . Agora, são oitos lojas fechadas no Estado por irregularidades na comercialização dos produtos. 


"O processo, que reúne as constatações, será encaminhado a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), pois existem unidades em todo o Brasil, e para as delegacias do Consumidor e de Repressão ao Estelionato e Secretaria da Fazenda, para que possam tomar as medidas cabíveis no âmbito de suas competências", afirmou a gerente geral do Procon/PE, Danyelle Sena.

Veja também

Mubadala quer montar grupo de franquias e mira até Outback
NEGÓCIOS

Mubadala quer montar grupo de franquias e mira até Outback

Fortalecer acordos comerciais é uma das prioridades do governo federal
brasil

Fortalecer acordos comerciais é uma das prioridades do governo federal