bicicleta

Produção de bicicletas acumula queda de 36,2% no semestre

De janeiro a junho, foram fabricadas 249 mil unidades

Loja de bicicletasLoja de bicicletas - Foto: Reprodução/Agência Brasil

A produção de bicicletas no Polo Industrial da Manaus acumula queda de 36,2% no primeiro semestre em comparação com os primeiros seis meses do ano passado.

Segundo levantamento divulgado nesta segunda (13) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), de janeiro a junho deste ano,  foram fabricadas 249,5 mil unidades, contra 391,2 mil no mesmo período de 2019.

Em junho, no entanto, o resultado da indústria de bicicletas refletiu a retomada gradual da atividade econômica no país. Foram produzidas no mês passado 46,9 mil unidades, alta de 117,3% em comparação com maio, quando foram fabricadas 21,5 mil unidades. Em relação a junho de 2019, o número representa uma queda de 19,8%.
 

Mais da metade da produção de junho foi destinada a abastecer a Região Sudeste (25 mil unidades). A Região Sul recebeu 9,1 mil bicicletas e a Nordeste 6,5 mil.

Apesar da melhora, o vice-presidente de Bicicletas da Abraciclo, Cyro Gazola, diz que ainda não é possível fazer previsões. “Ainda há muita incerteza em todos os setores, não apenas no que se refere à economia. Precisamos acompanhar não só os indicadores, mas também a implementação das medidas de saúde púbica para termos condições de fazer novas projeções”, afirma.

Veja também

Produção de veículos faz indústria crescer em junho, mas distante de rombo da pandemia
Veículos

Produção de veículos faz indústria crescer em junho, mas distante de rombo da pandemia

Expansão da rede de saneamento demanda R$ 498 bi em investimentos até 2033
Investimento

Expansão da rede de saneamento demanda R$ 498 bi em investimentos até 2033