Produção de petróleo e gás natural registra recorde em dezembro, diz ANP

Em dezembro a produção de petróleo totalizou 2,73 milhões de barris por dia, superando o recorde anterior, de 2,67 milhões produzidos em setembro

Plataforma de extração de petróleoPlataforma de extração de petróleo - Foto: Felipe Dana/Agência Petrobras

O país fechou 2016 com um novo recorde na produção de petróleo e gás natural nos campos nacionais. Dados divulgados nesta quinta-feira (2) pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostram que em dezembro a produção de petróleo totalizou 2,73 milhões de barris por dia, superando o recorde anterior, de 2,67 milhões de barris/dia produzidos em setembro.

Já a produção de gás natural chegou a 111,8 milhões de metros cúbicos/dia em dezembro, superando o recorde anterior, de 111,1 milhões de metros cúbicos/dia, registrada em novembro.

Na comparação com dezembro de 2015, a produção de petróleo subiu 7,8%. E a de gás natural foi 11,3% maior.

No total, a produção de petróleo equivalente (petróleo e gás natural) nos campos nacionais fechou dezembro de 2016 em aproximadamente 3,43 milhões de barris de óleo equivalente por dia.

Mais uma vez, o Campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos, foi o maior produtor de petróleo e gás natural, com extração média de 710 mil barris/dia de petróleo e 30,8 milhões de barris diários de gás natural.

Segundo informações da ANP, a produção de petróleo do Campo de Lula em dezembro do ano passado foi a maior já registrada por um campo no Brasil. O recorde anterior era do mesmo campo, que em novembro do ano passado produziu 663,2 mil barris/dia.

Pré-sal

Os 68 poços produtores na região do pré-sal da Bacia de Santos já respondem atualmente por quase a metade da produção nacional de petróleo e gás natural: 46%.

Em dezembro, a produção dos poços do pré-sal chegou a 1,57 milhão de barris de óleo equivalente (petróleo e gás natural), um crescimento de 8,4% na comparação com novembro: foram 1,26 milhão de barris de petróleo e 49 milhões de metros cúbicos de gás natural.

Campos produtores

De acordo com a ANP, 94,9% de todo o petróleo extraído nos campos nacionais e 78,9% do gás natural foram produzidos em campos marítimos. No total, o país tem 8.573 poços: 755 marítimos e 7.818 terrestres.

Os campos operados pela Petrobras produziram 94,3% do petróleo e do gás natural. Estreito, na Bacia Potiguar, teve o maior número de poços produtores: 1.103. Já Marlim, na Bacia de Campos, foi o campo marítimo com maior número de poços produtores: 63.

A FPSO Petrobras 58, plataforma do tipo semissubmergível que explora, produz, armazena e escoa petróleo e gás natural, foi a Unidade Estacionária de Produção com maior produção do país, com 189,6 mil barris de óleo equivalente. A plataforma atua nos campos de Jubarte, Baleia Azul, Baleia Anã e Baleia Franca.

Queima de gás

Embora a queima de gás natural tenha crescido 13,5% de novembro para dezembro do ano passado, o país manteve o nível de 96,1% de aproveitamento de todo o gás produzido nos campos nacionais.

Veja também

Novo Taos chega ao Brasil no segundo trimestre deste ano
VEÍCULOS

Novo Taos chega ao Brasil no segundo trimestre deste ano

Redes sociais chegam a 4 bilhões de usuários pelo mundo
Tecnologia e Games

Redes sociais chegam a 4 bilhões de usuários pelo mundo