Produção de tilápia aumenta 9,7% no Brasil, diz IBGE

Peixe é o mais criado pela piscicultura no país e chega a 45,4% da produção total

Banda CamelôBanda Camelô - Foto: Divulgação

A produção de tilápia no Brasil aumentou 9,7% em 2015 e chegou a 219 mil toneladas entre janeiro e dezembro. O peixe é o mais criado pela piscicultura no país e chega a 45,4% da produção total. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, na Pesquisa da Pecuária Municipal.

A produção de tilápia no Brasil está concentrada principalmente em quatro estados, sendo o Paraná o maior produtor, com 28,8%. São Paulo produz 13,2%, seguido por Ceará, com 12,7%, e Santa Catarina, com 11,4%.

A cidade cearense de Jaguaribara é a líder na criação de tilápia, com 13,8 mil toneladas do pescado, o que equivale a 6,3% da produção nacional. Sua produção teve uma queda em relação a 2014, por causa da baixa do reservatório e da falta de oxigenação no Açude Castanhão. Os problemas causaram a perda de 3 mil toneladas do pescado.

Produção de peixes cresce 1,5%

O desempenho dos criadores de tilápia contribuiu para que a produção de peixes no Brasil crescesse 1,5% em 2015.

Foram produzidas durante o ano 483,2 mil toneladas, com um valor de mais de R$ 3 bilhões. Rondônia responde por 17,5% dessa produção e por 18,5% do valor gerado pela piscicultura.

Enquanto a tilápia é mais produzida no Sul, Sudeste e Nordeste, no Norte os peixes conhecidos como redondos são os mais criados, como o tambaqui, tambacu e pacu.
O tambaqui foi o segundo peixe mais produzido no Brasil em 2015, com 135 mil toneladas, peso que corresponde a 28,1% da produção brasileira.

Veja também

Fala de fundadora do Nubank sobre negros mostra incompreensão, dizem especialistas
economia

Fala de fundadora do Nubank sobre negros mostra incompreensão, dizem especialistas

STF inicia julgamento sobre ICMS de gás importado da Bolívia
economia

STF inicia julgamento sobre ICMS de gás importado da Bolívia