Projeto social de Igarassu recebe doações através do Imposto de Renda

O Ponto Cidadão oferece qualificação profissional para jovens em situação de vulnerabilidade em Igarassu e pede doações para se manter em tempos de pandemia

Ponto Cidadão IgarassuPonto Cidadão Igarassu - Foto: Divulgação

O Ponto Cidadão, projeto social que oferece capacitação profissional e inserção no mercado de trabalho para jovens carentes do município de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, recebe doações através do Imposto de Renda para se manter no período de pandemia do novo coronavírus.

Leia também:
Central de Transplantes de PE reforça importância da doação de órgãos em tempos de Covid-19
Mortes por coronavírus chegam a demorar até um mês para confirmação

Para realizar a doação, o contribuinte precisa preencher os dados tributáveis no site da Receita Federal, clicar na aba ‘Resumo’, depois em ‘Cálculo do Imposto’, em ‘Doação Diretamente na Declaração’ e, por fim, ‘Novo’. Ao chegar em ‘Tipo de Fundo’, é necessário selecionar o estado e o município e observar o valor disponível para doação.
Após preenchidos todos os campos, o Documento de Arrecadações da Receita Federal será gerado e o contribuinte pagará o mesmo que antes, mas agora ajudando um projeto social. Depois disso, é só enviar o comprovante para o e-mail [email protected] .

Ao escolher doar para o Fundo de Defesa da Criança em Igarassu, o doador estará destinando 3% do seu imposto para o projeto social. Fundado em 2004, o Ponto Cidadão trabalha com jovens entre 16 e 24 anos, já formou mais de 1.500 e inseriu 81% deles no mercado de trabalho. Atualmente, 142 pessoas são atendidas pelo projeto social.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Venda de livros pela internet cresce 44% em 2020
Economia

Venda de livros pela internet cresce 44% em 2020

Zara fechará lojas menores no Brasil e focará em vendas online
Economia

Zara fechará lojas menores no Brasil e focará em vendas online