Economia

Recife receberá final do 1º split do Campeonato Brasileiro de LoL

Será a primeira vez que a capital pernambucana irá sediar um evento de grande porte no mundo do cenário competitivo do League of Legends

 A tradicional comenda será destinada às mulheres que se destacaram em suas áreas de atuação. A tradicional comenda será destinada às mulheres que se destacaram em suas áreas de atuação.  - Foto: Divulgação

Boa notícia para os fãs de League of Legends em Pernambuco. A Riot, produtora do jogo, divulgou nesta segunda-feira (09) as datas e o confrontos do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) 2017. Recife irá sediar as finais do primeiro split da competição, ainda no primeiro semestre.

A grande final, em formato melhor de cinco, acontecerá no dia 8 de abril. Será a primeira vez que a capital pernambucana irá sediar um evento de grande porte no mundo do cenário competitivo do League of Legends. Apesar da data já ter sido divulgada, o local onde acontecerá o evento e detalhes sobre a venda de ingressos ainda não foram revelados

No CBLoL 2017, oito equipes duelarão em busca do título de campeão brasileiro, além de tentarem uma vaga para o Internetional Wildcard Cup Qualifiyng (IWCQ), a repescagem para o Mundial da modalidade, no segundo semestre.

INTZ (atuais campeões), paiN Gaming, Keyd Stars, Red Canids, CNB e-Sports, Operation Kino, Remo Brave e KaBum! e-sports serão os times participantes desta edição. No ano passado, a final do segundo split foi realizada no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, com o confronto entre INTZ e CNB.

Recentemente o Nordeste sediou o Desafio Invocadores, jogo entre paiN Gaming e INTZ, dois últimos vencedores do CBLoL. A partida aconteceu em Fortaleza, no Ceará, e teve transmissão para os canais de TV fechada.

Veja também

Vallourec anuncia 3.000 demissões no mundo e transferência de atividades ao Brasil
indústria

Vallourec anuncia 3.000 demissões no mundo e transferência de atividades ao Brasil

Tribunal de Contas da União aprova privatização da Eletrobras
Eletrobras

Tribunal de Contas da União aprova privatização, saiba quais serão os próximos passos