Recife terá cem voos extras entre dezembro e fevereiro

Entre os principais destaques estão as ligações para Goiânia, Fernando de Noronha e São Paulo

A reunião ocorreu na sede da SDSA reunião ocorreu na sede da SDS - Foto: Divulgação

O Recife terá pelo menos cem voos extras em atuação entre dezembro e fevereiro, período de alta temporada de verão. A cidade terá ligações da Azul Linhas Aéreas de/para São Paulo (Viracopos e Guarulhos), Maceió, Natal, João Pessoa, Fernando de Noronha, Salvador, Goiânia, Aracaju, Presidente Prudente, Fortaleza, Belém e Salvador.

Petrolina
Ainda, a atual operação circular São Paulo (Viracopos)-Juazeiro do Norte-Petrolina será desmembrada. Desta forma, os Clientes de Petrolina passam a ter uma opção sem escalas temporária para a capital paulista tanto em voos de ida quanto de volta.

Voos internacionais
Em 7 de dezembro, a companhia iniciará também a operação exclusiva da ligação Recife-Orlando. No Brasil, entre os destinos internacionais, Fort Lauderdale/Miami, nos Estados Unidos, e Punta del Este e Montevidéu, no Uruguai, terão ligações complementares.

Outras cidades
Mais de 40 cidades receberão voos extras da Azul durante o verão: São Paulo (Viracopos, Guarulhos e Congonhas), Belo Horizonte, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Porto Alegre, Recife, Curitiba, Salvador, Fortaleza, Natal, Goiânia, Cuiabá, Campo Grande, Maceió, Porto Velho, Florianópolis, Belém, Manaus, João Pessoa, Aracaju, São Luís, Navegantes, Teresina, Palmas, Fernando de Noronha, Ji-Paraná, Cacoal, Santarém, Petrolina, Juazeiro do Norte, Caldas Novas, Foz do Iguaçu, Passo Fundo, Chapecó, Cabo Frio, Ilhéus, Porto Seguro, Uberlândia, Ribeirão Preto, Bauru, Valença, Lençóis e Presidente Prudente.

Veja também

Ministro do STF propõe validar imposto sobre heranças transmitidas no exterior
impostos

Ministro do STF propõe validar imposto sobre heranças transmitidas no exterior

Economia repassa R$ 60 milhões para o Ministério do Meio Ambiente
governo

Economia repassa R$ 60 milhões para o Ministério do Meio Ambiente