Retrospectiva 2019: confira os destaques da tecnologia no ano

Chegada dos gigantes chineses no Brasil e o anúncio do 5G receberam os holofotes durante o ano

HuaweiHuawei - Foto: Fred Dufour/AFP

A palavra de 2019 no mundo da tecnologia é revolução. Com vários lançamentos e “viradas de chave”, os novos aparelhos e recursos apresentados pelas empresas definiram o ano. Desde a chegada dos chineses ao Brasil (como Xiaomi e Huawei) até novos serviços de streaming, as novas tecnologias mudaram o dia-a-dia do brasileiro em 2019.

Leia também:
Retrospectiva: relembre fatos que marcaram a economia em 2019
Retrospectiva: recorde fatos que marcaram as artes em 2019
Retrospectiva: confira os fatos que marcaram a política em 2019
Retrospectiva: recorde fatos que marcaram o mundo esportivo em 2019
Retrospectiva: relembre fatos que marcaram o mundo em 2019
Retrospectiva: relembre fatos que marcaram Pernambuco em 2019
Retrospectiva: recorde fatos que marcaram o Brasil em 2019

Confira uma lista com os principais destaques do ano:
Smartphones

O ano de 2019 foi marcado pela chegada em peso das principais companhias chinesas ao mercado brasileiro. A Xiaomi, por exemplo, abriu sua primeira loja no Brasil em julho, com alguns dos seus mais famosos aparelhos, desde smartphones até acessórios como fones de ouvido (AirDots) e smartwatches (Mi Band).

A empresa chegou a abrir uma segunda loja, em São Paulo, em novembro deste ano. Além da própria comercialização física, parceiras como a Amazon comercializam os produtos pela internet.

Além dela, outra chinesa, a Huawei, também chegou ao mercado brasileiro em 2019. A empresa trouxe também celulares potentes como a linha P30, além de quiosques espalhados pelo País.

A Huawei, pelo mundo, também protagonizou um embate comercial com os EUA, que acusaram a empresa de espionagem. O resultado foi um embargo dos norte-americanos com os chineses.

Já consolidada no mercado brasileiro, a Apple apresentou mais uma linha de smartphones em 2019. A empresa lançou o iPhone 11, tanto na versão mais básica quanto na versão Pro. O grande diferencial foram as potentes câmeras, com três lentes no melhor aparelho apresentado pela companhia.

5G
Muito da revolução apresentada em 2019 está no anúncio do 5G. A apresentação da nova tecnologia, o futuro do 4G, trouxe novas possibilidades em termos de conexão. Em locais como Reino Unido e Coreia do Sul, o 5G permitiu uma conectividade mais rápida do usuário com a internet, além de menor consumo de bateria.

Porém, um grande diferencial está na quantidade de pessoas que utilizam. Isso porque o 5G permite que mais usuários se conectem a um mesmo ponto, o que facilitaria em eventos como o Rock In Rio, por exemplo, que teve a tecnologia como teste.

Para o Brasil, no entanto, a tecnologia deverá demorar um pouco para chegar ao mercado comercial. A Anatel definiu este ano o modelo da licitação para a banda de 5G no Brasil, mas a expectativa das empresas é que o processo tenha continuidade apenas em 2021.

Lei Geral de Proteção aos Dados
Com grande debate, a Lei Geral de Proteção aos Dados foi assunto em 2019, às vésperas de sua implantação no Brasil. A Lei nº 13.709/2018, é a legislação brasileira que regula as atividades de tratamento de dados pessoais.

Com previsão de início de vigência em agosto de 2020, a lei define tópicos como os dados pessoais, dados pessoais sensíveis e o tratamento deles por parte das empresas.

Streaming
2019 foi o ano também de novas opções para quem curte streaming. Além da Netflix ou do Spotify, empresas como a Amazon chegaram com força ao mercado de conteúdo multimídia. A gigante americana, por exemplo, trouxe para o Brasil o Amazon Prime Video e o Amazon Prime Music ao preço de R$ 9,90.

Já nos Estados Unidos, a Disney apostou no “Disney+”, que reúne todo conteúdo da companhia, além de novos produtos como a série “The Mandalorian”, do universo Star Wars.

A Apple, por sua vez, apresentou o AppleTV+, serviço de streaming que traz conteúdos como a série “See” protagonizada pelo ator Jason Momoa (Aquaman). O conteúdo ofertado pela Apple chegou ao Brasil em novembro deste ano.

Jogos
O universo dos jogos teve um 2019 repleto de nomes de peso e de anúncios bastante aguardados. A maioria deles esteve reunida no The Game Awards, considerado a principal premiação de games do mundo.

Os indicados em cada uma delas são eleitos por meios de comunicação, selecionados no mundo todo. O grande destaque foi Sekiro, da FromSoftware/Activision, que venceu o prêmio de jogo do ano.

O jogo se passa em uma versão mágica e fictícia do período Sengoku no Japão, e segue um shinobi que tenta se vingar de um clã samurai que o atacou e sequestrou seu lorde.

Além dele, Death Stranding, do conhecido produtor Hideo Kojima, também chamou a atenção com a presença de atores conhecidos como Mads Mikkelsen e Norman Reedus (The Walking Dead).

Esports
O ano foi de recordes e de novidades para o mundo dos esports. Modalidades como Fortnite e Free Fire despontaram com torneios grandiosos. Tendo US$ 30 milhões (aproximadamente R$ 120 milhões) em premiações, o Mundial de Fortnite consagrou o americano Kyle “Bugha” Giersdorf como vencedor, diante de um Arthur Ashe Stadium, em Nova York, completamente lotado.

No Free Fire, o primeiro mundial da modalidade realizado no Brasil teve como campeão o Corinthians, com o apoio da torcida no Rio de Janeiro.

Já tradicional no ano dos esports, o Mundial de League of Legends reuniu um grande público, e consagrou a FunPlus Phoenix como grande campeã. A decisão atingiu um recorde de 21,8 milhões de Média de Audiência por Minuto (MAM). Além disso, foram 44 milhões em um pico simultâneo.

Veja também

INSS pede para servidores entrarem em grupo prioritário da vacinação
VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

INSS pede para servidores entrarem em grupo prioritário

Presidente da Eletrobras troca empresa pela BR Distribuidora
Economia

Presidente da Eletrobras troca empresa pela BR Distribuidora