Rompimento de amarra interrompe produção de plataforma da Petrobras

A empresa garantiu que a P-50 se encontra estável, em segurança e não oferece risco às pessoas e ao meio ambiente

PetrobrasPetrobras - Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A produção da plataforma P-50, localizada no campo de Albacora Leste, na Bacia de Campos (RJ), foi interrompida na noite de domingo (22), devido ao rompimento de amarra do sistema de ancoragem. A operação teve caráter preventivo, de acordo com informação divulgada nesta terça-feira (24) pela Petrobras.

Segundo a estatal, a plataforma é ancorada por outras 15 amarras. A empresa garantiu que a P-50 se encontra estável, em segurança e não oferece risco às pessoas e ao meio ambiente. Atualmente, cerca de 178 pessoas trabalham embarcadas na unidade.

Leia também:
Postos de gasolina subiram preço antes de anúncio da Petrobras
Diante de impasse com sindicatos, Petrobras estuda acordos trabalhistas individuais
Preço de petróleo é com a Petrobras, diz Guedes 

“A Petrobras está tomando todas as medidas necessárias para o reparo do sistema e retomada da produção o mais rapidamente possível”, informou a companhia, em nota. Por dia, a produção média da unidade é de 20 mil barris de petróleo.

Veja também

Governo e aliados discutem corte de R$ 30 bi e avaliam programa social em 2021
Economia

Governo e aliados discutem corte de R$ 30 bi e avaliam programa social em 2021

Relatório denuncia grandes bancos por lavagem de enormes quantias de dinheiro sujo
ECONOMIA

Relatório denuncia grandes bancos por lavagem de enormes quantias de dinheiro sujo