Saiba como denunciar preços abusivos de álcool em gel e máscaras

Pesquisa divulgada pelo Procon-PE aponta variação de 53% no preço do álcool em gel e de 100,8% nas máscaras

Álcool em gelÁlcool em gel - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Em meio à corrida por itens de prevenção contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2), que fez álcool em gel e máscaras sumirem das prateleiras, muitas farmácias aumentaram o preço dos produtos.

Pesquisa divulgada pelo Procon-PE aponta variação de 53% no preço do álcool em gel e de 100,8% nas máscaras
. A fiscalização checou os valores em oito estabelecimentos da Região Metropolitana do Recife (RMR), a partir de denúncias feitas por consumidores. É possível denunciar preços abusivos dos itens.

Leia também:
Procon constata aumento de preços nas farmácias por causa do coronavírus
Até 70% da população global pode contrair coronavírus, diz Harvard

Denúncias de todo o Estado podem ser feitas ao Procon-PE pelos números 0800.282.1512 e (81) 3181-7035. No Recife, o consumidor pode entrar em contato com o Procon do munícipio de quatro formas diferentes: pelo Facebook proconrecife, no Instagram @proconrecife, ligando para o 0800.281.1311 e via e-mail, no [email protected].

Em Olinda, as denúncias devem ser feitas no (81) 3183-8104. E em Jaboatão dos Guararapes é possível denunciar no site do Procon da cidade e nos números (81) 3476-2912 e (81) 9.7323-7953.

Cuidados básicos para prevenir o coronavírus

Cuidados básicos para prevenir o coronavírus - Arte: Folha de Pernambuco

 

Veja também

Ford investe mais na Argentina, onde está há 107 anos
Negócios

Ford investe mais na Argentina, onde está há 107 anos

Vendas do comércio varejista caem 0,1% em novembro
Economia

Vendas do comércio varejista caem 0,1% em novembro