Segmento comercial deverá ganhar 20,7 mil novos estabelecimentos em 2018

Alta projetada, no entanto, não deve recuperar a perda acumulada de 226,5 mil estabelecimentos nos últimos três anos

Comércio Comércio  - Foto: Reprodução/Internet

O segmento comercial brasileiro deverá fechar 2018 com aumento de 20,7 mil estabelecimentos. A projeção foi divulgada nesta quarta-feira (28) da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A alta projetada, no entanto, não deve recuperar a perda acumulada de 226,5 mil estabelecimentos nos últimos três anos. Apenas em 2017, 19,3 mil unidades comerciais fecharam no país.

Leia também:
Confiança do empresário do comércio cresce 3,3% de janeiro para fevereiro
Comércio varejista fecha 2017 com alta de 2% no volume de vendas


Além disso, a CNC projeta um crescimento de 5,1% no volume de vendas do comércio varejista. De acordo com a CNC, as vendas começaram a reagir positivamente em abril de 2017 e aceleraram na segunda metade do ano. De julho a dezembro do ano passado, o volume cresceu 7,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior. O ano fechou com um avanço de 4%.

Em relação aos postos de trabalho, 2017 fechou com geração de 26,5 mil empregos, resultado melhor que nos dois anos anteriores. As perdas de postos de trabalho chegaram a 176 mil em 2016 e 175,2 mil em 2015.

Veja também

Ministro descarta risco de apagão no país por crise hídricaCrise Hídrica

Ministro descarta risco de apagão no país por crise hídrica

Wall Street fecha em queda, puxada por tomadas de benefícios e FedBolsa de valores

Wall Street fecha em queda, puxada por tomadas de benefícios e Fed