Semana Imobiliária deve aquecer o setor a partir do dia 21

Serão mais de 30 construtoras oferecendo cerca de 4 mil imóveis residenciais e comerciais, desde os populares até os mais luxuosos

.. - Foto: Divulgação

 

Para estimular a recuperação do setor, a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Pernambuco (Ademi-PE) já se programa para o próximo evento que promete reaquecer os negócios: a segunda edição da Semana Imobiliária. A feira de venda de imóveis ganhará 10 dias e acontecerá de 21 a 30 de outubro, no RioMar Shopping. O horário, de segunda a sábado, vai de 12h às 22h. Já no domingo será das 12h às 21h.
Serão mais de 30 construtoras oferecendo cerca de 4 mil imóveis residenciais e comerciais, desde os populares até os mais luxuosos. A média estimada pela entidade é que sejam movimentados aproximadamen­te R$ 100 milhões em negócios. Para isso, espera-se receber 6 mil potenciais compradores. “Esperamos muitas condições especiais, descontos e negociações entre os representantes das construtoras e o consumidor. É uma grande oportunidade para quem deseja realizar o sonho da casa própria”, comenta o vice presidente da Ademi-PE, Gildo Vilaça.
Na opinião do economista da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe) Tobias Silva ocorreram melhoras pontuais na economia nacional a ponto de gerar confiança suficiente para o empresário e para o consumidor voltar a investir. “Essa expectativa materializa-se em vendas. A tendência é de reação do mercado”, pontua. O educador financeiro e professor da Faculdade Guararapes Roberto Ferreira discorda em partes.

Ele acredita que a situação atual não é tão vantajosa para o empresário, mas com certeza é para o consumidor. Isso porque é possível encontrar preços mais baixos e vantajosos. “O momento de investir é agora”, diz.
Para facilitar ao máximo as aquisições, o evento contará com um espaço que terá estandes da Caixa Econômica Federal e do Bradesco. Ou seja, instituições que são cruciais para financiamentos imobiliários. Também contará com a participação do cartório Ivanildo Figueiredo, que prestará informações e providenciará a documentação necessária para a hora de fechar o negócio.

 

Veja também

Caixa antecipa saque do auxílio emergencial do 3º lote
Auxílio

Caixa antecipa saque do auxílio emergencial do 3º lote

Banco do Brasil amplia limite de crédito do Pronampe em R$ 1,24 bi
bancos

Banco do Brasil amplia limite de crédito do Pronampe em R$ 1,24 bi