Servidores do Estado vão promover ato público hoje

O ápice do movimento paredista acontece, logo mais, às 9h, com concentração em frente à Secretaria de Administração do Estado, no Pina.

Protesto de hoje será realizado em frente à Secretaria de AdministraçãoProtesto de hoje será realizado em frente à Secretaria de Administração - Foto: Leo Motta/arquivo folha

Os servidores públicos civis de Pernambuco dão continuidade, hoje, ao movimento de paralisação da categoria. Organizado para durar 48h, a parada das atividades ocorre, segundo o sindicato que representa os servidores, o Sindserpe, pela falta de abertura do Governo do Estado em dialogar sobre as principais reivindicações da categoria. Entre elas, o vale alimentação, que há nove anos não sofre reajuste, mantido a R$ 7, além dos pisos salariais dos servidores de níveis auxiliar, médio e superior, que seguem defasados.
O ápice do movimento paredista acontece, logo mais, às 9h, com concentração em frente à Secretaria de Administração do Estado, no Pina. Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Civis do Estado de Pernambuco (Sindserpe), Renilson Oliveira, que estará à frente do ato público, caso não haja a abertura de um diálogo com o Governo, novas medidas serão tomadas. “A depender do resultado dessa nossa última tentativa de diálogo, iremos realizar uma assembleia geral com os servidores. Nela, iremos definir o dia para deflagrar uma greve geral por tempo indeterminado”, revela o sindicalista.
Em nota, o Governo de Pernambuco afirma ter mantido diálogo privilegiado com seus servidores, através da Secretaria de Administração, e que, inclusive, já realizou mais de uma centena de rodadas de negociações no corrente ano. No entanto, diz que neste momento em que o Brasil se encontra, mergulhado em uma profunda crise econômica, na qual a maioria dos Estados não consegue sequer pagar salários a seus servidores, Pernambuco vem conseguindo pagar os salários em dia, mantendo direitos e benefícios dos servidores públicos e que esta é a meta prioritária para este ano.

Veja também

Veja os números da Mega-Sena de R$ 32 milhões
Loterias

Veja os números da Mega-Sena de R$ 32 milhões

Retomada surpreende shoppings, que veem mais concorrência com comércio eletrônico
Comércio

Retomada surpreende shoppings, que veem mais concorrência com comércio eletrônico