Servidores vão pedir reajuste

Diante dessa informação, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Civis do Estado de Pernambuco (Sindserpe), Renilson de Oliveira, vai voltar a falar no tema na reunião da mesa de negociação desta sexta.

A Melhor Escolha A Melhor Escolha  - Foto: Divulgação

 

Sindicatos de trabalhadores do Estado se organizam para cobrar reajuste salarial ao Governo, principalmente após a divulgação do relatório de gestão fiscal, no qual foi constatado que a despesa com pessoal ficou abaixo do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Diante dessa informação, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Civis do Estado de Pernambuco (Sindserpe), Renilson de Oliveira, vai voltar a falar no tema na reunião da mesa de negociação desta sexta.
“O Governo ficou nesse mantra de LRF e agora chegou a hora. Caso não priorize os servidores das secretarias e autarquias, vamos entrar num conflito desnecessário”, afirmou. No pleito, está a ampliação para 3% na diferença entre as faixas salariais. Já o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe),

Fernando Melo, vai cobrar o cumprimento do acordo que prevê aumento de 11,36% no piso salarial e também reajuste nos 17 mil contratos temporários, que têm o mesmo valor desde 2014. A categoria espera resposta até a assembleia do dia 18.

 

Veja também

Shoppings da RMR já se preparam para o Natal
Varejo

Shoppings da RMR já se preparam para o Natal

Usina negocia crédito de carbono
Cana-de-açúcar

Usina negocia crédito de carbono