economia

Setor de serviços cresce 0,7% em agosto e registra quarta taxa positiva seguida

Atividade opera 10,1% acima do nível pré-pandemia

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) do FGV IBRE subiu 1,0 ponto em setembroO Índice de Confiança de Serviços (ICS) do FGV IBRE subiu 1,0 ponto em setembro - Foto: Pixabay

O setor de serviços avançou 0,7% na passagem de julho para agosto. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgados pelo IBGE nesta sexta-feira (14).

Perspectivas
Economistas estimam que os serviços devem seguir trajetória de recuperação este ano, dado que foi o setor que mais sofreu impactos em função da pandemia. O setor, que representa 70% do Produto Interno Bruto (PIB) pela ótica da oferta, tem sido o grande motor da atividade econômica este ano, segundo analistas.

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) do FGV IBRE subiu 1,0 ponto em setembro, para 101,7 pontos, maior nível desde março de 2013 (102,0 pontos).

"O resultado mostra que o setor ainda mantém a trajetória positiva de recuperação após os efeitos mais negativos da pandemia. A continuidade desse ritmo de retomada depende da melhora no ambiente macroeconômico, que ainda se mostra desafiador" avaliou Rodolpho Tobler, economista do FGV IBRE, em nota.

Veja também

Emprego com carteira no setor privado aumenta em 335 mil vagas em um trimestre, aponta IBGE
BRASIL

Emprego com carteira no setor privado aumenta em 335 mil vagas em um trimestre, aponta IBGE

Consumidores europeus questionam modelo de pagamento da Meta, que chamam de "cortina de fumaça"
privacidade

Consumidores europeus questionam modelo de pagamento da Meta, que chamam de "cortina de fumaça"