Economia

Setor de serviços de Pernambuco tem terceiro melhor resultado do país em novembro

Segmento registrou alta de 5,2% e está próximo de retomar aos níveis pré-pandemia

Segmento mostra retomada após forte queda durante fase crítica da pandemiaSegmento mostra retomada após forte queda durante fase crítica da pandemia - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Uma das atividades mais prejudicadas pela pandemia do novo coronavírus, o setor de serviços está avançando no Estado. Em novembro, o segmento teve alta de 5,2% em comparação a setembro, de acordo com a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta quarta-feira pelo IBGE. O resultado foi o dobro da média do Brasil, 2,6%, e o terceiro melhor desempenho do país.

Novembro foi o sétimo mês seguido com a taxa positiva, que fez o Estado se aproximar aos níveis pré-pandemia. Para se ter uma ideia da retomada, em novembro o segmento esteve 4,2% abaixo do patamar de fevereiro, mês anterior à imposição de medidas de distanciamento social. Em maio, mês com os piores resultados de 2020, a diferença chegou a 23,1%.

Entre os cinco segmentos pesquisados pela PMS, a categoria “Outros serviços", como compra, venda e aluguel de imóveis, atividades de apoio à agricultura, teve a melhor performance, registrando um aumento de 36,4%. A atividade de serviços com o pior desempenho foi a de Serviços prestados às famílias, que inclui 23 tipos de serviços, como hotéis, bares, restaurantes e salão de beleza.  Em novembro de 2020, a queda foi de -17,6% frente a novembro de 2019. 

Veja também

Secretários de Fazenda apelam ao Congresso pela prorrogação do auxílio emergencial
Benefício

Secretários de Fazenda apelam ao Congresso pela prorrogação do auxílio emergencial

Lojas e restaurantes de São Paulo dizem que novas restrições levarão a mais demissão
Restrições

Lojas e restaurantes de São Paulo dizem que novas restrições levarão a mais demissão