"Site do Google" aparece hackeado para usuários

Página inicial do buscador apareceu com mensagem hacker para alguns usuários nesta terça-feira

Wellington Saraiva ficará no cargo pelos próximos dois anosWellington Saraiva ficará no cargo pelos próximos dois anos - Foto: Divulgação / MPF

A página inicial do Google foi tomada por um "ataque hacker" na tarde desta terça-feira (3). O relato foi divulgado pelas redes sociais, mas atingiu apenas uma parcela dos internautas. A situação, entretanto, foi desmistificada pelo Google, que informou que o ataque deve ter sido direcionado a servidores de DNS - e não ao buscador em si.

O ataque - inicialmente parecido com um do tipo 'defacement', ou seja, quando a interface de um site é substituída por outra, geralmente com alguma mensagem ideológica ou política - foi assumido por um hacker ou grupo chamado Kuroi'SH, com mensagem em inglês como espécie de comemoração pelo feito. Apesar disso, a mudança no site do buscador só foi vista por uma quantidade limitada de usuários - e apenas no Brasil, sugerindo um ataque localizado por meio de alteração em redirecionamentos de DNS. 

Domain Name System (DNS) é o sistema que permite que o usuário digite um endereço no navegador e entre em um site. Na prática, funciona como uma espécie de decodificador, já que os endereços na web são montados a partir do IP, ou Internet Protocol, e podem ser acessados por nomes como www.folhape.com.br. O DNS, então, vincula os nomes de domínio aos endereços de IP. 

Por meio de postagem no Twitter, o Google Brasil se posicionou sobre o assunto. "O Google não foi hackeado. Servidores de DNS podem ter sofrido um ataque, redirecionando a outros sites", observou o tweet do buscador.

Veja também

Fretamento aéreo vive seu pior momento em Manaus
Amazonas

Fretamento aéreo vive seu pior momento em Manaus

Governo estuda desoneração linear para gerar emprego
Economia

Governo estuda desoneração linear para gerar emprego