Sobradinho terá vazão reduzida

A Chesf recebeu autorização para diminuir a vazão de 800 m3/s para 700 m3/s. Medida vale até janeiro

José Patriota (PSB), presidente da AmupeJosé Patriota (PSB), presidente da Amupe - Foto: Mandy Oliver/Folha de Pernambuco

 

A Agência Nacional de Aguás (ANA) autorizou a Companhia Hidrelétrica de São Francisco (Chesf) a reduzir gradativamente de 800 metros cúbicos por segundo (m3/s) para 700 m3/s a vazão das barragens de Sobradinho e Xingó, no Rio São Francisco.

Com a medida, válida até 31 de janeiro de 2017, os reservatórios irão funcionar com o menor volume já adotado da história. “Em detrimento da falta de chuvas na região da bacia do São Francisco, a Chesf ganhou essa autorização para operar com uma vazão reduzida, cuja finalidade crucial é poupar o pouco de água que se tem nesses reservatórios”, explica o diretor de operações da Chesf, João Henrique Franklin.
Se por um lado é essencial que os reservatórios sejam devidamente poupados, por outro, especialistas afirmam que os impactos hidroambiental, social e econômico são ainda mais graves. “Hoje, com a vazão como esta, já temos problemas de abastecimento em dois estados, Alagoas e Sergipe, decorrentes da cunha salina, quando o rio não tem força de levar água ao mar, fazendo com que o mar entre no rio”, destaca o vice-presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco (CBHSF), Maciel Oliveira.
De acordo com ele, o meio ambiente é usuário, logo, precisa ser levado em conta nessas reduções. “Precisamos saber concretamente quais os impactos causados. A solução que tínhamos cobrado seria um planejamento com o setor elétrico, contendo novas regras claras a médio e longo prazo de operação dos reservatórios para evitar uma ação como esta apenas em períodos de crise”, explica.
Hoje, Sobradinho está com 7% de sua capacidade total de 34,1 bilhões de m3 de água.
Apesar da resolução da ANA, na próxima segunda-feira, representantes de diversas instituições ligadas ao setor, entre eles, o CBHSF e Chesf, se reúnem para discutir os impactos da medida e quando poderá ser implementada a redução das defluências dos reservatórios de Sobradinho e Xingó para 700 m3/s.

 

Veja também

Caixa paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
Auxílio Emergencial

Caixa paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários

Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos
Economia

Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos