Suape lança Programa de Demissão Voluntária

A partir da próxima terça (25), funcionários com mais de dez anos de serviços prestados poderão aderir ao Programa de Demissão Voluntária (PDV) do complexo industrial.

Novo presidente de Suape, Leonardo CerquinhoNovo presidente de Suape, Leonardo Cerquinho - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

A partir da próxima terça-feira (25), o Porto de Suape dá início ao seu Programa de Demissão Voluntária (PDV). Com adesão aberta até 31 de julho, o plano é destinado aos funcionários com mais de dez anos de serviços prestados. Entre os incentivos para a adesão, pagamento de dez salários-base, mais 50% do FGTS e manutenção do plano de saúde por dois anos para o titular.

De um total de 300 funcionários que trabalham em Suape, 88 se enquadram às especificações do PDV. No entanto, como não se tem ideia de quantos irão aderir, a administração do Porto não tem como precisar a economia que os desligamentos irão ocasionar na folha de pagamento. “O valor que temos detalhado é o do custo do PDV, que será de cerca de R$15 milhões”, revela o presidente do Complexo, Leonardo Cerquinho. Segundo ele, a abertura do programa foi uma demanda dos próprios funcionários, incluída no Acordo Coletivo 2018/2020 da empresa.

Leia também:
Autonomia deve acelerar obras para o Porto de Suape
Porto de Suape eleva movimentações no primeiro semestre deste ano
Porto de Suape tem produtos encalhados e operações lesadas

Questionado se serão abertas vagas após o desligamento de quem aderir, o que deve acontecer já a partir de setembro, o presidente de Suape afirma que não há como afirmar que sim ou que não. “Temos realizado uma série de alterações na gestão, com inserção de novos sistemas e procedimentos que promovem mais eficiência na administração. Por isso, entendemos que conseguimos trabalhar com menos pessoas. No entanto, se a adesão ao programa acontecer em sua totalidade, será possível que precisemos sim fazer novas contratações”, explica Cerquinho.

Para auxiliar os funcionários na decisão, sanar dúvidas, assim como orientar os interessados em se desligar da empresa a elaborar um novo projeto de vida, o Porto de Suape vai promover palestras e encontros periódicos.

Em tempo, nos seus 40 anos de funcionamento, esse é o segundo Program de Demissão Voluntária que ocorre em Suape. O primeiro se deu em 2011.

 

Veja também

Varejo vê vacinação com expectativa
Comércio

Varejo vê vacinação com expectativa

Bolsa sobe com recuperação chinesa, atividade econômica brasileira e aprovação de vacinas
Mercado Financeiro

Bolsa sobe com recuperação chinesa, atividade econômica brasileira e aprovação de vacinas