Taxa de retorno de imóveis comerciais cresce 1,68% no primeiro trimestre

No acumulado de quatro trimestres, a taxa de retorno total cresceu 7,91%

Em outubro, o índice usado como base para reajustar o aluguel variou 0,20%Em outubro, o índice usado como base para reajustar o aluguel variou 0,20% - Foto: Leo Motta/Folha de Pernambuco

A taxa de retorno total para quem tem imóveis comerciais cresceu 1,68% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o trimestre anterior. A taxa de retorno da renda cresceu 1,89%, no entanto a de retorno de capital caiu 0,21%, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (3), no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

No acumulado de quatro trimestres, a taxa de retorno total cresceu 7,91%. A taxa de retorno de renda subiu 8,48%, mas a de retorno de renda, que acumula quedas consecutivas nos últimos quatro trimestres, caiu 0,54%.

Segundo a FGV, a melhora da evolução da rentabilidade dos imóveis comerciais no Brasil “continua condicionada à reversão do atual quadro de queda na atividade econômica, esperada ao longo de 2017”, diz nota.

Veja também

PIB de Pernambuco cresce pelo sétimo mês seguido em novembro
PIB

PIB de Pernambuco cresce pelo sétimo mês seguido em novembro

Senar-PE e Faculdade CNA oferecem cursos de graduação a distância
Graduação

Senar-PE e Faculdade CNA: cursos de graduação a distância