Temer diz que serão criados 3 milhões de empregos por conta do PIB de 2017

O PIB DE 2017 fechou com crescimento de 1%, na comparação com 2016

Temer disse nas redes sociais que crescimento do PIB representa esperança para o paísTemer disse nas redes sociais que crescimento do PIB representa esperança para o país - Foto: Reprodução / Twitter

O presidente Michel Temer comemorou o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) de 2017 e estimou um aumento maior este ano. Em vídeo divulgado nas redes sociais, ele  disse acreditar em um aumento na geração de empregos. “Essa recuperação do ano passado pode trazer um PIB, uma produção nacional, de cerca de 3%. O que isso significa pra você? Significa a possibilidade de criar mais de 3 milhões de novos empregos. Isso significa progresso e desenvolvimento”, afimrou Temer.

Pelo Twitter, Temer ainda acrescentou: "Esta é uma boa notícia que quero compartilhar com vocês. O PIB de 2017, divulgado hoje, foi de 1%. Isto significa que o país voltou a crescer e estamos no caminho certo para criar mais empregos".

Leia também:
Agropecuária puxa resultado positivo do PIB em 2017
PIB brasileiro cresceu 1% em 2017, diz FGV


O PIB DE 2017 fechou com crescimento de 1%, na comparação com 2016. Em valores correntes, o valor do PIB em 2017 atingiu R$ 6,6 trilhões. Em 2015 e em 2016, o resultado ficou negativo, com duas quedas consecutivas de 3,5%.

Os dados foram divulgados nesta quinta (1º), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com os resultados das contas nacionais trimestrais, o que inclui o fechamento do ano.

Em 2017, contribuíram para o resultado as altas de 13% na agropecuária e de 0,3% nos serviços, além da estabilidade nas indústrias. O resultado da agropecuária foi o melhor em toda a série, iniciada em 1996.

Veja também

Arrecadação do Fundeb pelos municípios cai R$130,9 milhões em seis meses, segundo Amupe
Municípios

Arrecadação do Fundeb pelos municípios cai R$130,9 milhões em seis meses, segundo Amupe

Projeto do governo cria marco legal das startups e do empreendedorismo inovador
Brasília

Projeto do governo cria marco legal das startups e do empreendedorismo inovador