Petróleo

Temores envolvendo oferta russa elevam preços do petróleo

Barril do WTI para entrega em junho subiu 5,96% em Nova York

Preços do petróleo tiveram forte alta nesta quarta-feira (10)Preços do petróleo tiveram forte alta nesta quarta-feira (10) - Foto: Pixabay

Os preços do petróleo tiveram forte alta nesta quarta-feira (10), em um mercado bastante volátil após vários dias de queda, em meio a preocupações com o fornecimento de hidrocarbonetos pela Rússia.

O barril do WTI para entrega em junho subiu 5,96% em Nova York, para US$ 105,71, após cair 3% ontem, abaixo dos 100 dólares. Em Londres, o Brent para julho subiu 4,92%, fechando em US$ 107,51. 

"Vimos cortes de gás natural russo para a Europa e isso preocupou os investidores e sustentou a alta dos preços", explicou Matt Smith, da Kpler. "Considerando os cortes para a Bulgária e a Polônia" já decididos por Moscou, "isso levará líderes europeus a se inclinarem para um embargo à Rússia ou a recorrerem a outras fontes de abastecimento", acrescentou.

Para Victoria Scholar, analista da Interactive Investor, “a perspectiva de proibição do petróleo russo pela União Europeia e o efeito restritivo que isso teria sobre a disponibilidade” de hidrocarbonetos impulsionaram os preços.

Veja também

Painel revela que Recife é a capital com maior rapidez para se abrir uma empresa
Empreendedorismo

Painel revela que Recife é a capital com maior rapidez para se abrir uma empresa

Loja de varejo inaugura duas lojas em Pernambuco
Comércio

Loja de varejo inaugura duas lojas em Pernambuco