Tendências Estruturais que irão mudar a sua vida

Perguntas simples como esta têm repostas complexas que precisam de análises e estudos específicos, atualmente, inexistentes

Rainier Michael, Cônsul da EslovêniaRainier Michael, Cônsul da Eslovênia - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Quais serão as tendências estruturais que irão mudar o mundo e impactar o Nordeste e, em especial, Pernambuco? Perguntas simples como esta têm repostas complexas que precisam de análises e estudos específicos, atualmente, inexistentes.

“A melhor maneira de nos prepararmos para o futuro é concentrar toda a imaginação e entusiasmo na execução perfeita do trabalho de hoje”.
                                                                              -- Dale Carnegie

Muito se deve à falta de interação sustentável entre o empresariado e o mundo acadêmico que deveria pressionar e o parlamentar e o diplomático para ações pragmáticas e estratégicas. Estas quatro esferas criam, agem, sem uma interlocução e alinhamento, criando verdadeiros “Frankensteins” e distorções crônicas.

Listaria 5 tendências que irão revolucionar a forma como vivemos e nos relacionamos:

1. Crescimento da Ásia: aumento da classe média e o crescimento das economias de mercados emergentes no continente asiático;

2. Disrupção digital: o fenômeno da digitalização, afetando todos os pontos de nossa vida;

3. Transição energética; a mudança dos combustíveis fósseis para novas fontes de energia;

4. Segurança alimentar: produção de alimentos sustentáveis para uma população mundial que chegará a 10 bilhões de pessoas em 2050;

5. Mudança do estilo de vida: envelhecimento da população e aumento da longevidade, alterando o estilo de vida e consumo.

Estamos, literalmente, perdendo tempo com discussões demoradas que parecem servir como “cortina de fumaça”; p.ex: se uma palavra deve ser escrita com “s” ou “x”. Estes serão os temas que estaremos trazendo para reflexão, voltado para o Brasil, Nordeste, Pernambuco.

“O futuro dependerá daquilo que fazemos no presente”.
                                                                                 -- Gandhi

Não percam...

*Empresário há 35 anos e Presidente do Iperid (primeiro THINK TANK do Nordeste) – Instituto de Pesquisa Estratégica em Relações Internacionais e Diplomacia, Rainier Michael tem ampla experiência em trocas internacionais. O trabalho realizado por ele junto ao consulado esloveno, e designado “Diplomacia Econômica”, interpreta sob uma visão humana o desenvolvimento e o crescimento do Nordeste. Paulista de nascença, Michael se mudou para Pernambuco há dez anos, quando seus negócios no Estado cresceram de forma a tornar indispensável sua presença aqui. Seu comparecimento nos mercados pernambucanos, entretanto, é mais antigo do que isso. Antes de assumir o consulado, já era representante da DBG - Sociedade Brasil-Alemanha no Nordeste. É destacável, também, sua atuação enquanto presidente do Rotary Club Recife Boa Viagem. ([email protected])

** A Folha de Pernambuco não se responsabiliza pelo conteúdo das colunas.

Veja também

Dólar abaixo de R$ 5 é oportunidade de compra, dizem analistas
COTAÇÃO DO DÓLAR

Dólar abaixo de R$ 5 é oportunidade de compra, dizem analistas

Congressistas dos EUA debatem polêmica lei para regulamentar 'Big Techs'
Mundo

Congressistas dos EUA debatem polêmica lei para regulamentar 'Big Techs'