Tesouro Direto terá novo horário

Entre outras mudanças, está a alteração de palavras “compra” e “venda” por “investir” e “resgatar”

Pernambuco receberá novo grupo de refugiados venezuelanos, na próxima segunda (17)Pernambuco receberá novo grupo de refugiados venezuelanos, na próxima segunda (17) - Foto: Divulgação

 

A BM&FBovespa começou a distribuir para corretoras ofício circular com as mudanças no Tesouro Direto que serão anunciadas nesta quinta-feira (1º). Entre as alterações, que passam a valer a partir de sábado, estão novo horário para compra e venda dos títulos e a simplificação de termos para facilitar a compreensão dos investidores.

As palavras “compra” e “ven­­­­­­­da” serão substituídas pelas expressões “investir” e “resgatar”. A ideia, de acordo com Fabrício Tota, gerente do home broker da corretora Socopa, é se aproximar dos termos usados para aplicações mais tradicionais, como poupança e fundos de investimento.

“Ninguém fala que vai comprar uma poupança ou um fundo. Os investidores usam a expressão ‘investir’. E, quando você fala em ‘resgatar’, fica mais fácil de entender que vai retirar o dinheiro”.

Mas a principal mudança se­­­­rá nos horários de negociação dos títulos. A Folha de S.Paulo antecipou na segunda-feira passada a sincronia dos horários de compra e ven­­­da dos títulos. Hoje, em dias úteis, o investidor só po­­­­de ven­­­­­­der os títulos das 18h de um dia até as 5h do dia seguin­­­te. A compra ocorre das 9h às 5h. Nos finais de semana, não há restrições de horário.

A partir de sábado, as compras e as vendas poderão ser feitas entre as 9h30 e as 18h. Entre as 5h e as 9h30, o mercado permanecerá fechado para negociação. E, entre as 18h e as 5h, só poderão ser agendadas compras e vendas para liquidação na sessão seguinte, assim como aos finais de semana.

A dinâmica vai ficar parecida com a do pregão da Bolsa. “Para quem queria comprar, piorou um pouco, porque restringe o horário para quem estava acostumado a fazer isso quando chegasse em casa. Por outro lado, quem quer resgatar antes do vencimento pode aproveitar o preço durante o ‘pregão’, em vez de deixar passar uma boa oportunidade”, diz Tota.

Isso acontece porque durante a sessão as cotações dos títulos sofrem ajustes em três períodos para refletir o dia a dia do mercado, o que afeta os juros. A avaliação é parecida com a de Natalia Sixel, gerente comercial da Ativa Inves­­­timentos. “O investidor conseguirá aproveitar um pre­­­ço que for melhor para ele”.

 

Veja também

13ª Semana Global de Empreendedorismo é oportunidade para quem deseja começar seu negócio
Empreendedorismo

13ª Semana Global de Empreendedorismo é oportunidade para quem deseja começar seu negócio

Pix começa a funcionar no dia 3 de novembro para clientes selecionados
Bancos

Pix começa a funcionar em novembro para clientes selecionados