Telecomunicação

TIM apresenta plano estratégico para triênio 2021-23

Operadora espera que aquisição da Oi aconteça ainda neste ano e se mostrou pronta para a tecnologia 5G

Apresentação do TIM Brasil DayApresentação do TIM Brasil Day - Foto: Divulgação

A TIM Brasil apresentou, na última segunda-feira (01), o plano estratégico para o triênio 2021-2023. A expectativa da empresa de telecomunicação é investir cerca de R$ 13,5 bilhões em infraestrutura e disponibilizar a tecnologia 4G para todos os municípios do país. O investimento leva em consideração os ativos da Oi, cuja aquisição ainda não foi concluída. “São números que mostram que em 2023 vamos ter uma TIM maior e melhor”, destacou o CEO da TIM Brasil, Pietro Labriola.

A compra dos ativos de telefonia móvel da Oi aconteceu em parceria com a Vivo e a Claro em leilão realizado em dezembro. A aquisição está dependendo do aval do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), mas os executivos da TIM Brasil acreditam que ela será consumada ainda neste ano, com a receita começando a entrar em 2022.  

A projeção da TIM é de que 14,5 milhões de clientes da Oi sejam integrados à operadora. O CFO da empresa, Adrian Calaza, classificou a aquisição da Oi como “um dos movimentos mais importantes da companhia nos últimos anos”.  

Durante o TIM Brasil Day, como foi chamado o evento, os executivos também falaram sobre a tecnologia 5G. Segundo a operadora, a tecnologia vai aprimorar a banda-larga e aumentar a confiabilidade da rede. “Quando a tecnologia estiver disponível, estaremos preparados para alavancá-la junto aos nossos clientes”, disse o CRO da TIM, Alberto Griselli.

A sustentabilidade também é um dos objetivos da TIM a curto prazo. A empresa assumiu o compromisso de neutralizar a emissão de Carbono até 2030. Para cumprir com sua meta ambiental, a empresa preparou um plano com 3 pilares: energia renovável, ecoeficiência e resíduos e emissões. A operadora pretende possuir, até 2022, 60 usinas de energia solar, hídrica e de biogás para compensar o consumo de energia de baixa tensão. Além disso, a companhia quer aumentar a reciclagem de resíduos sólidos em 95%.

Outra estratégia apresentada é investir ainda mais em empresas unicórnios, que são startups avaliadas em mais de R$ 1 bilhão. Atualmente, a TIM tem participação de 1,4% no Banco C6 e o interesse é investir em empresas do ramo de finanças, educação e saúde. A proposta da operadora é oferecer serviços às empresas em troca de ações. 

Veja também

Em meio à pandemia de Covid-19, vetos ao Orçamento cortam recursos para saúde, educação e obras
Cortes

Em meio à pandemia, vetos ao Orçamento cortam recursos para saúde, educação e obras

Pão francês só poderá ser comercializado por quilo, a partir de junho
Inmetro

Pão francês só poderá ser comercializado por quilo, a partir de junho