Twitter nega que remoção de contas falsas afete base de usuários

Na última sexta (6), foi divulgado que 70 milhões de contas falsas foram removidas do Twitter

Na resposta, o Twitter afirmou que suas regras não permitem impulsionamento de conteúdo eleitoral no BrasilNa resposta, o Twitter afirmou que suas regras não permitem impulsionamento de conteúdo eleitoral no Brasil - Foto: Nicolas Asfouri/AFP

O Twitter informou nesta segunda (9) que a remoção de contas falsas na rede social não afetará o cálculo geral da quantidade de usuários. O diretor financeiro do Twitter, Ned Segal, afirmou que o esforço é para melhorar a plataforma.

"Alguns esclarecimentos: a maioria das contas que removemos não são incluídas em nosso relatórios de métricas, pois elas não estão ativas na plataforma há 30 dias ou mais, ou as pegamos no momento de inscrição e elas nunca são contadas", tuitou Segal.

O post postado por Segal foi levado ao ar três dias depois que o The Washington Post divulgou, na última sexta-feira (6), que 70 milhões de contas falsas foram removidas, provocando queda no número de usuários ativos no segundo trimestre.

A onda de "limpeza" das contas é uma das iniciativas recentes da empresa contra o spam e uso abusivo de perfis falsos. No mês passado, o Twitter anunciou novas medidas para combater abusos e políticas contra comportamentos de ódio.

*Com informações da Xinhua, agência pública de notícias da China.

Veja também

Confinamento contra Covid-19 é útil para América Latina? Depende, diz FMI
Coronavírus

Confinamento contra Covid-19 é útil para América Latina? Depende, diz FMI

Pacheco quer incluir cota para reservatório de Furnas na MP da Eletrobras
Energia

Pacheco quer incluir cota para reservatório de Furnas na MP da Eletrobras