Twitter também proíbe publicidade de criptomoedas

Facebook e Google já anunciaram medidas similares

Na resposta, o Twitter afirmou que suas regras não permitem impulsionamento de conteúdo eleitoral no BrasilNa resposta, o Twitter afirmou que suas regras não permitem impulsionamento de conteúdo eleitoral no Brasil - Foto: Nicolas Asfouri/AFP

O Twitter proibirá em sua plataforma publicidade relativa às criptomoedas para reduzir os riscos de golpes, anunciou a rede social nesta segunda-feira, somando-se a iniciativas similares de outros grandes grupos que operam na Internet.

Leia também:
Venezuela inicia oferta pública de criptomoeda respaldada em petróleo


"Temos o compromisso de manter a segurança da comunidade Twitter. Para isto, incorporamos uma nova regra sobre as publicidades no Twitter vinculadas às criptomoedas, que estipula que publicidade para reunir fundos em criptomoedas (Initial coin offerings, ICO) e para a venda de 'moedas virtuais' serão proibidas".

Uma ICO consiste em criar uma moeda virtual própria e vendê-la a investidores que pagam em outras criptomoedas ou moedas tradicionais. Facebook e Google já anunciaram medidas similares.

Veja também

Pix terá serviço de cobrança semelhante a boleto
pix

Pix terá serviço de cobrança semelhante a boleto

Bolsa reage e volta a subir após quatro sessões de queda
BOLSA DE VALORES

Bolsa reage e volta a subir após quatro sessões de queda