Usina nuclar é conectada ao sistema elétrico do Brasil

Geração nuclear corresponde a 3% da eletricidade produzida no país e o equivalente a um terço do consumo do estado do Rio de Janeiro

Usinas de Angra 1 e 2Usinas de Angra 1 e 2 - Foto: Sturm/Wikimedia Commons

A usina Angra 2, em Angra dos Reis, Costa Verde fluminense, opera desde a madrugada desta quarta-feira (25) com 100% de potência (1.346MWh), segundo a Eletronuclear, subsidiária da Eletrobras responsável por operar e construir as usinas termonucleares do país.

A unidade foi reconectada ao Sistema Elétrico Nacional (SIN) no fim da noite de terça-feira (24), após o desligamento provocado por uma falha em um dos transformadores principais da Usina. Com isso, houve o desarme dos disjuntores que fazem a conexão da unidade à rede elétrica.

As unidades em operação no local têm potência total de 1990 MW. A geração nuclear corresponde a 3% da eletricidade produzida no país e o equivalente a um terço do consumo do estado do Rio de Janeiro. Segundo a Eletronuclear, a geração de 15,9 milhões de megawatts-hora (MWh), registrada no ano passado pelas usinas nucleares Angra 1 e 2, é considerada a melhor marca da história da CNAAA, em ano com parada de reabastecimento de combustível.

Veja também

Brasil entra em lista prévia da OIT de violações trabalhistas
Direitos

Brasil entra em lista prévia da OIT de violações trabalhistas

Serasa promove ação para consumidor quitar dívidas com parcelas a partir de R$ 9,90
Negociação

Serasa promove ação para consumidor quitar dívidas com parcelas a partir de R$ 9,90